Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5[ImagesOnly]

Style6


Pistoleiros invadiram uma casa e executaram três pessoas. Um dos assassinos também morreu no tiroteio
Vingança pessoal ou um crime de ´encomenda´ (pistolagem)? Esta é a indagação que a Polícia tenta responder para elucidar uma chacina em Tauá, na região dos Inhamuns (a 344Km de Fortaleza). O fato ocorreu na localidade de São Joaquim, distrito de Marrecas, distante cerca de 19 quilômetros da sede daquele Município. Quatro pessoas foram mortas, a tiros de revólver e pistola, e outra ficou ferida no sangrento episódio ocorrido por volta das 19 horas do último sábado.

O crime aconteceu quando uma residência foi atacada por três homens encapuzados e empunhando suas armas. Eles efetuaram vários disparos à curta distância, matando, pelo menos, três pessoas, o agricultor Antônio Raimundo Filho, 46; o filho dele, Antônio Raimundo Filho, 23 (homônimos); e a adolescente Maria do Rosário Gomes de Sousa, 17. Cada uma das vítimas foi atingida por, no mínimo, três disparos.

Outra garota, identificada por Micaele Ferreira do Nascimento, 16, recebeu um tiro na perna e foi levada para o hospital do Município. A quarta pessoa morta era um dos três pistoleiros que invadiram a residência, identificado como Antônio Manuel de Alencar, 26, conhecido pelo apelido de ´Antônio Marabá´, cujo corpo só foi encontrado, no começo da manhã de ontem, em um matagal próximo da residência atacada.

Reagiu
Segundo a Polícia Militar, através do seu Comando do Policiamento do Interior (CPI), o motivo do crime pode ser uma vingança, já que um dos homens mortos dentro de casa respondia por homicídio. Antônio Raimundo Filho, 23, conhecido por ´Negrão´, era acusado de ter assassinado um desafeto na cidade de Tauá, no Carnaval de 2009. Pelo crime, teria passado cerca de nove meses preso, mas, depois disso, foi solto.

Ainda segundo a Polícia, ´Negrão´ começou a receber ameaças de morte logo depois que ganhou a liberdade.

Na hora em que sua casa foi invadida, ele ainda disparou tiros com uma espingarda ´socadeira´ contra os pistoleiros, atingindo um deles. Era ´Antônio Marabá, cujo cadáver só foi localizado ontem.

Depois da fuzilaria dentro da residência, dois dos três pistoleiros fugiram do distrito de Marrecas utilizando motocicletas. A Polícia Militar foi acionada e iniciou uma caça aos criminosos em toda a região.

Capturados
No começo da tarde de ontem, os dois suspeitos foram presos pela PM ainda em Tauá. Estavam em duas motocicletas e um deles tinha em seu poder um revólver de calibre 38 com cinco balas intactas.

Conforme o comandante do Policiamento do Interior (CPI), coronel PM Sérgio Costa, os acusados foram identificados por Antônio Zaqueu Luso, 30, conhecido por ´Kiel´; e Antônio Alves de Souza, 43. Com eles, foram apreendidas a moto modelo Fan, vermelha, de placa HWA-3989; e a Titan, preta, placa HWR-8253 (CE).

Levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, os acusados confessaram o crime e teriam afirmado que se tratou de um crime de pistolagem. Disseram ainda, que haviam ´perdido´ as outras armas no momento em que houve o tiroteio dentro da residência das vítimas.

Contudo, as autoridades acreditam que os acusados podem ter utilizado armas alugadas e que já foram devolvidas.

Na casa onde foram localizados os três corpos, os policiais e peritos apreenderam várias facas, além da espingarda que teria sido usada no tiroteio.

"A vingança é uma das linhas da investigação, mas ainda não sabemos com precisão qual o motivo das mortes", afirmou à Reportagem, por telefone, o delegado-regional de Polícia Civil de Tauá, Osmar Berto.

Investigação
O clima na localidade de São Joaquim e no distrito de Marrecas é de medo e revolta. Os moradores acreditam que o único alvo dos pistoleiros era mesmo o jovem Antônio Raimundo Filho, o ´ Negrão´; e que a companheira dele e o pai foram executados, provavelmente, como uma vingança determinada pelo mandante do crime ou, ainda, numa ´queima de arquivo´.

Na manhã de hoje, a Polícia vai retomar as investigações ouvido as testemunhas do caso. Os dois homens presos pela PM permanecem na Delegacia Regional de Tauá, mas, por medida de segurança, poderão ser transferidos, nas próximas horas, para a Capital.

Apreensão
A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na madrugada de sábado, em Aracati, mais de 200 tambores metálicos que serviriam de recifes artificiais para a captura predatória de lagosta, em Icapuí. Os tambores estavam contaminados por diversas substâncias químicas perigosas para o meio ambiente. O condutor do caminhão foi preso em flagrante e levado para a Delegacia Regional de Aracati.

FERNANDO RIBEIROEDITOR DE POLÍCIA

FONTE:DN

About Jean Claudio

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment

Política de comentários

O Portal Ceará em Rede não se responsabiliza pelos comentários de seus internautas, que podem ser feitos livremente, desde que respeitando-se as leis Brasileiras, as pessoas e assuntos abordados aqui.

Salientamos, que as opiniões expostas neste espaço, não necessariamente condizem com a opinião do nosso site.

Atenciosamente:
Equipe Ceará em Rede

Seguir no Email