Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Cenas Fortes: Mulher mata comparsa e grava a execução com o celular; Assista video

    Uma mulher de 34 anos foi presa em Manaus, capital do Amazonas, acusada de matar um homem e registrar a execução em vídeo. O crime ocorreu no dia 9 de julho no ramal Água Branca, na rodovia AM-010, mas o caso só foi divulgado ontem. Nas imagens, é possível ver a vítima ajoelhada e sob a mira de diversas armas. Em seguida, a "louraça belzebu" se aproxima e aperta o gatilho duas vezes, mas a pistola falha. Na terceira tentativa, a arma dispara e atinge a cabeça do sujeito, que ainda leva pelo menos mais dois tiros, dados por outro bandido.

    A Polícia Civil amazonense chegou até Luciana Ferreira da Silva durante as investigações da morte de um empresário, ocorrida no último dia 16, num condomínio de luxo de Manaus. Ela e dois homens foram presos por suspeita de envolvimento no crime e, no celular da acusada, estava armazenado o vídeo da outra execução.

    Segundo o delegado Paulo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem cuja morte foi filmada era comparsa da loura numa quadrilha de roubos. De acordo com a polícia, Luciana atraiu a vítima, que não teve a identidade revelada, para um suposto assalto que o grupo iria realizar, mas era uma emboscada.

    Em depoimento, ela afirmou que havia emprestado R$ 3 mil ao homem, que se recusava a pagar e a teria agredido. "Ele passou a perna várias vezes em mim. Deu uma coronhada na minha cara", disse Luciana à polícia.

    Para o delegado Martins, no entanto, o crime pode ter sido encomendado por um traficante de drogas, o que Luciana nega. "Ela cometeu o crime e tentou deixar falsos indícios de que teria sido a polícia. Felizmente ela foi desmascarada. Sem dúvida, é uma pessoa de alta periculosidade", disse o policial ao site G1.


    Meia Hora 

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad