Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    No Ceará, bebê é achado morto em paróquia com carta pedindo batismo

    CORPO DA CRIANÇA FOI ENCONTRADO NO BANHEIRO DA CASA PAROQUIAL.
    CRIANÇA FOI DEIXADA COM UM BILHETE DENTRO DE UMA SACOLA.

    Thiago Conrado Do G1 CE


    Mãe deixa carta pedindo para padre benzer a
    criança (Foto: Fernando Ivo/Sertão Central)

    Uma criança recém-nascida foi encontrada morta dentro de uma sacola na Casa Paroquial de Quixeramobim, na Região Sertão Central do Ceará, em frente à igreja matriz da cidade. De acordo com um funcionário da Casa Paroquial, o corpo da criança foi encontrado por volta das 14h30 desta quinta-feira (21), dentro do banheiro.
    O funcionário, que prefere não se identificar, diz que encontrou um bilhete dentro da sacola em que estava o bebê. "O corpo da criança foi encontrado pela cozinheira, mas fui eu quem abriu a bolsa onde estava o corpo e encontrei um bilhete deixado pela mãe da criança", afirma. O funcionário acredita que o bebê foi deixado vivo, mas morreu dentro da sacola.
    No bilhete, com vários erros ortográficos, há um pedido para que o padre batize a criança: "Peço ao padro que batize minha filhinha porque não tenho condições, sou muito pobre. A dor que sinto jé é muito grande. Só posso rezar por ela também, pelo senhor, que me faça esse bem. Maria Clara, o nome dela".
    Investigação
    Segundo a delegada responsável pelo caso, Ana Cláudia, a mulher que deixou a criança no banheiro da paróquia chegou a conversar com o padre e funcionários do local. “Foi uma pessoa de meia idade, de trinta e poucos anos. Ela pediu para ir ao banheiro. Quando foi por volta das 15h, quando os funcionários entraram no banheiro, eles viram o bebê na sacola”, diz a delegada.
    Os policiais tentam identificar a pessoa com ajuda de imagens de câmeras de segurança da paróquia e de estabelecimentos vizinhos. "Acredito que vamos solucionar o caso, ela deixou muitos rastros, inclusive conversou com um casal que já identificamos logo depois de deixar o bebê no local", explica.
    Ana Cláudia diz que um exame do IML vai apontar a causa da morte. “Ainda não sabemos se ela já deixou a criança no local morta, o que poderia ser um homicídio, mas acredito que ela deixou a criança viva, porque no bilhete ela diz que não tinha condições de criá-la”, afirma. O bebê deve ser sepultado nesta sexta-feira (22).

    Fonte: G1

    Nenhum comentário

    Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad