Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    POLÍCIA NÃO DÁ TRÉGUA, PRENDE QUATRO E APREENDE MAIS DE 28 KG DE DROGAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA

    Operações prenderam sete pessoas, quatro delas, dentro de um carro, transportando drogas e crianças.


    José Weverson Pimenta Matias, 27; Claudelice Silva Matos,23; Maria Enilvanele de Assis Pimenta, 49; e Thaís Cristina Abreu Henrique, 20, foram presos em Maracanaú
    Vinte e oito quilos de drogas foram apreendidos entre sábado (23) e segunda-feira (25), em operações da Polícia Civil na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Somente ontem, foram 16 kg, em duas ações desenvolvidas em Maracanaú.
    No sábado, os inspetores da Delegacia de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), contando ainda com o apoio de agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), capturaram quatro pessoas transportando oito quilos de maconha embaixo do banco do passageiro de um veículo. Como disfarce, o grupo utilizou crianças, entre eles, um bebê, dizendo que iam à praia.

    De acordo com o titular da Denarc, delegado Pedro Viana, denúncias levaram os agentes até o grupo. "Nossos policiais estavam investigando no bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza, quando receberam a informação de que seria feita uma entrega na praia da Taíba, em São Gonçalo do Amarante. Identificamos o veículo que seria usado e o interceptamos", detalhou.


    Dentro do veículo, os policiais encontraram o casal José Weverson Pimenta Matias, de 27 anos e Claudelice Silva Matos, de 23 anos. A mãe do homem, Maria Enilvanele de Assis Pimenta, 49, e uma outra mulher, Thaís Cristina Abreu Henrique, 20, também estavam no carro. Além dos adultos, três crianças, filhos do casal.

    "Eles foram presos em flagrante e autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Weverson já responde por formação de quadrilha, receptação e uso de drogas. Claudelice, responde por porte ilegal de arma e tráfico. E Thaís é irmã do chefe do tráfico da área do Rodolfo Teófilo", explicou o delegado.

    As mulheres estão recolhidas na Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). Já o homem, está preso na Denarc.

    Maracanaú

    Em Maracanaú, três ações resultaram na prisão de três pessoas e no fechamento de dois laboratórios de fabricação de drogas. A primeira operação aconteceu na sexta-feira, e foi realizada por agentes da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, em parceria com a Denarc e a Coin. O titular da Delegacia Metropolitana, delegado Paulo Cid, disse ter recebido denúncias anônimas para chegar ao local. "Apreendemos quatro quilos de crack, quatro quilos de pó para mistura, anestésicos, uma prensa de três toneladas e uma prensa hidráulica".

    No final da tarde de ontem, a DMM, em parceria com o serviço de Inteligência do Ronda do Quarteirão, do 14º BPM, capturou 1,9 kg de cocaína, uma prensa e balanças de precisão, em um laboratório em processo de montagem, localizado na divisa entre Maracanaú e Pacatuba. Um homem foi preso.

    Antes, outra operação envolvendo a Denarc e a Coin, prendeu um taxista e apreendeu 14 kg de drogas. O titular da Denarc afirmou que, ao longo do dia de hoje, sairão os resultados dos últimos trabalhos.

    Levi de Freitas
    Repórter
    Fonte: DN

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad