Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    ABSURDO!!! POLICIAL MILITAR, ALUNA DA UFC, É EXPULSA DE CAMPUS APENAS POR ESTÁ FARDADA.

    Na noite desta terça-feira, a Universidade Federal do Ceará (UFC), foi palco de uma lamentável situação de constrangimento com uma estudante do curso de letras. A aluna que também é policial militar foi vergonhosamente expulsa do Campus de humanas localizado no Benfica, por está fardada.

    Segundo a estudante, ao chegar à universidade, não teria guardado sua arma no carro por motivos de segurança, e assim teria a levado consigo para a aula. Antes mesmo que o professor entrasse em sala, alunos reclamaram com a segurança por uma policial está no local. Três seguranças da instituição a convidaram para se dirigir á coordenação. A estudante ainda replicou que se o motivo fosse à arma, não teria problema, pois a mesma apenas esperaria o professor chegar para justificar a falta. Os seguranças negaram o pedido e a dirigindo a aluna á coordenação, enquanto era levada vários alunos da UFC começaram a ofendê-la, rechaçando a mesma perante á todos.

    Ainda de acordo com a PFEM, a diretora do centro de Humanas justificou que a aluna não poderia permanecer no local por conta do fardamento e não por estar armada. Ainda acrescentou que somente a policia federal poderia agir dentro do campus a mando do reitor, tendo assim os alunos total liberdade para usar drogas e até manter relações sexuais dentro do campus e por conta do fardamento os alunos estariam se sentindo constrangidos. A aluna conta que foi escoltada por três seguranças até a portaria da universidade. A estudante irá fazer um boletim de ocorrências em relação ao caso.

    A ACSMCE repudia a atitude de alguns alunos, de repelir a estudante de maneira humilhante, somos principalmente contra a atitude da diretora de Humanas da UFC, pela justificativa ineficaz sobre o assunto. É inadmissível uma diretora de uma renomeada instituição agir de maneira incoerente, indo contra os valores éticos da sociedade, constrangendo uma estudante e uma profissional de segurança pública.

    Não é justo que uma policial que muitas vezes devido à escala de serviço, não consiga trocar de roupa, seja expulsa por inibir alunos que segundo a diretora fazem uso de drogas e prática de sexo dentro da instituição. As palavras ditas pela diretora para a aluna nos faz questionar até onde a liberdade dada há alguns alunos atingem contra a moral dos demais. A assessoria da UFC esta levantando informações sobre o caso.

    A ACSMCE se solidariza com a PFEM lamentando todo o constrangimento passado pela mesma. Disponibilizamos todo o nosso apoio para o que for necessário, e continuaremos em busca de esclarecimentos sobre o fato. Deixamos claro que não generalizamos e valorizamos todos os alunos da UFC, sabemos que o ato foi de uma minoria.


    No dia 05 de setembro acontecerá na Avenida da Universidade esquina com a treze de maio, ás 17h30 um ato público pelo direito de Ir e vir de policiais fardados em instituições de ensino. Vamos nos fazer presentes nesse momento.

    Fonte: ACSMCE

    Nenhum comentário

    Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad