Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Hacker divulga supostas fotos de Kim Kardashian e Avril Lavigne nuas

    Lista tem Avril Lavigne, Vanessa Hudgens e novamente Jennifer Lawrence. No dia 31 de agosto ocorreu 1º vazamento por ataque a sistema da Apple.


    Do G1, em São Paulo
    A socialite e estrela de reality show Kim Kardashian
    Supostas fotos de Kim Kardashian, Avril Lavigne, Vanessa Hudgens e outras celebridades nuas foram divulgadas em fóruns na internet neste sábado (20). Elas ainda não comentaram nem confirmaram a autenticidade das imagens. O caso seria o segundo em menos de um mês que várias imagens íntimas de artistas são divulgadas na internet de uma vez, após a primeira série no dia 31 de agosto.

    Também foram divulgadas novas imagens de Jennifer Lawrence, que apareceu no primeiro vazamento, confirmado por ela várias outros vítimas. A atriz Kirsten Dunst e a modelo Kate Upton estavam entre os nomes da primeira lista. Jennifer ameaçou processar quem divulgar as fotos.

                                                         Avril Lavigne no clipe de 'Hello Kitty' (Foto:Divulgação)

    No novo grupo de imagens, divulgadas neste sábado, também estão as atrizes Aubrey Plaza, Mary-Kate Olsen a esportista Hope Solo e outras. Os hackers anônimos que vazaram as fotos no dia 31 de agosto haviam avisado que tinham mais fotos de celebridades nuas - os nomes deste domingo já haviam sido citados por eles.

    O roubo e divulgação das fotos em agosto foi atribuído a um ataque ao sistema de armazenamento de arquivos da Apple. O caso já está sendo investigado pelo FBI e pela Apple.

    Outros casos

    Outras atrizes já tiveram fotos íntimas vazadas na internet nos últimos anos. Scarlett Johannson, Alison Pill e a brasileira Carolina Dieckmann também passaram por casos semelhantes.

    O homem acusado de ter roubado fotos de celebridades nuas como Scarlett Johansson, Mila Kunis e Christina Aguilera em 2011, após ter hackeado suas contas de e-mail, foi condenado a dez anos de prisão pela justiça do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, em dezembro de 2012.

    Carolina Dieckmann (Foto: G1)

    Em março de 2012, Christopher Chaney, de 36 anos, foi considerado culpado de nove acusações criminais, incluindo roubo de identidade, escutas telefônicas, acesso não autorizado e danos a um computador protegido.

    Durante o julgamento, o hacker também foi condenado a pagar uma indenização de US$ 76 mil a Johansson, Aguilera e à atriz Renee Olstead.

    No Brasil, a chamada lei “Carolina Dieckmann”, que, entre outras coisas, torna crime a invasão de aparelhos eletrônicos para obtenção de dados particulares, entrou em vigor em abril de 2013.

    Sancionada em dezembro de 2012, a alteração do Código Penal foi apelidada com o nome da atriz, após fotos em que Carolina Dieckmann aparecia nua terem sido divulgadas na internet.

    Fonte: G1

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad