Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Mulher consegue resgatar filho após avião cair em MT, mas o marido morre

    Um avião monomotor caiu na tarde deste domingo (7), na cidade de Tangará da Serra, distante 242 km de Cuiabá, quando tentou pousar em um aeroporto particular, destinado para aeronaves de pequeno porte e agrícolas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, três pessoas estavam no avião e uma delas morreu. A vítima é um empresário da região que estaria retornando para a casa com o filho e acabou morrendo carbonizado depois que a aeronave caiu, por volta de 13h [horário de Mato Grosso], conforme os bombeiros. Ainda não há informações de onde a aeronave estava vindo.
    O jovem, de 20 anos de idade, e o piloto sobreviveram à queda e foram encaminhados com ferimentos para um hospital na cidade. O tenente do Corpo de Bombeiros, Leilson Meira, relatou em entrevista ao G1 que a esposa do empresário estava no aeroporto aguardando a chegada do marido e do filho. Ela presenciou o acidente e ainda teria ajudado a resgatar a família, porém, conseguiu apenas retirar o filho de dentro do avião.

    Avião teria pegado fogo após a queda, diz Corpo de Bombeiros
     (Foto: Marcelo Souza/ TVCA de Tangará da Serra)

    “Após a queda, ela [mulher] foi até os destroços atrás do filho e do marido. O fogo começou depois que o avião caiu e a mulher ainda conseguiu puxar o rapaz, que estava vivo, para o lado de fora da aeronave. Mas quando foi puxar a perna do marido, ela não conseguiu porque ele estava preso às ferragens. Muitas testemunhas relataram que o fogo começou a ficar intenso e a mulher teve que se afastar para evitar que se queimasse. Foi quando o esposo acabou morrendo carbonizado”, relatou o tenente que não soube informar se o empresário estava vivo quando a esposa tentou fazer o resgate.

    O fato chamou a atenção de muitas pessoas que estavam no local e a mulher também foi encaminhada para o hospital em estado de choque. Ela é proprietária de uma academia de ginástica em Tangará da Serra, segundo o tenente, e o esposo seria dono de algumas propriedades agrícolas na região.

    O tenente Meira contou que o piloto tentou pousar o avião na pista do aeroporto de terra e arremeteu, momento em que o monomotor atingiu um fio de eletricidade e caiu próximo à rodovia que dá acesso ao anel viário da cidade. Em seguida, o avião começou a pegar fogo. “Ainda não se sabe o que provocou o acidente, se foi falha mecânica ou não”, disse o tenente.

    G1

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad