Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Médico mata a mulher logo após festa de casamento em briga sobre acordo pré-nupcial

    Um anestesista de Indiana, nos Estados Unidos, matou a mulher minutos após o fim da festa de casamento dos dois, no último sábado.

    George Scott Samsom, de 54 anos, teria começado a brigar com Kelly Ecker, de 50 anos, ainda na frente dos convidados, que, após a recepção, continuaram a comemoração na mansão onde o casal moraria.

    Segundo testemunhas, ele estaria alterado por ter abusado de bebidas alcoólicas e teria dito que ela "nunca colocaria as mãos " no dinheiro dele. Por conta do desconforto causado pela discussão, os amigos do casal teriam deixado a festa mais cedo. Kelly foi encontrada morta dentro de casa na manhã de domingo.

    De acordo com informações do tabloide britânico Daily Mail, a enfermeira, que trabalhava no mesmo hospital do marido, fez a primeira ligação para o serviço de emergência local três minutos após a saída do último convidado, dizendo que o marido ia matá-la.

    As duas primeiras ligações pedindo socorro terminaram subitamente e na terceira tentativa de contato uma série de disparos pôde ser ouvida do outro lado da linha.

    As autoridades chegaram à casa de Kelly e George cerca de 30 minutos após a última ligação e a encontraram morta no quarto que era usado pelo filho de 10 anos, fruto de um relacionamento anterior da vítima.

    A criança e um casal de idosos, supostamente os pais do anestesista, também estavam no imóvel, mas não foram feridos.

    O médico tinha uma licença para comprar e vender armas em casa e foi encontrado sem vida no porão. A polícia recuperou um arsenal de armas no imóvel, incluindo rifles, pistolas e centenas de cartuchos de munição.

    Fonte: Extra/Globo

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad