Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Pastor é acusado de estuprar a própria filha durante 11 anos; pelo menos cinco foram vítimas

    Cinco crianças afirmam terem sido estupradas por um pastor na cidade de Boqueirão, na região do Agreste da Paraíba, sendo que três delas são filhas do próprio estuprador. O caso foi denunciado pelo Conselho Tutelar no dia 28 de agosto.

    O homem está sendo investigado pela Polícia Civil e foi preso por porte ilegal de armas, já que foram encontradas duas espingardas na sua casa.

    A filha mais velha do pastor, uma adolescente de 16 anos, contou que sofria abusos sexuais do pai desde os cinco anos de idade. Ela também sofria agressões físicas, “uma vez ele tirou a minha roupa e me agrediu porque eu não quis. Daí começou a me ameaçar e me bater”, disse a jovem.

    A menina ainda contou que o pai abusa das irmãs mais novas de 12 e 11 anos. A jovem também disse que quando era mais nova chegou a contar para a mãe sobre o que acontecia, mas o pai a mandou para o Rio de Janeiro, para morar com a avó. A menina disse para o pai que contaria tudo à Polícia, mas ele a ameaçou dizendo que a mataria a ela e a mãe.

    O caso só foi denunciado depois que a mãe de uma outra menina, de oito anos, ficou sabendo dos abusos a partir de um relato da própria filha. A garota estava com as filhas do pastor e foi para um culto em uma igreja evangélica. Ela sentou no colo do pastor, que alisou suas pernas e apertou suas partes íntimas. A menina ainda contou que o homem a obrigou a beijá-lo.

    Redação

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad