Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Metrô de Sobral não é bem aceito pela população


    Nesta manhã de 4 de janeiro de 2017, mais uma vez flagrei o VLT que faz a linha Sumaré/Sinhá Saboia, praticamente vazio, não fossem os três passageiros bem contados. 

    Depois da instituição da cobrança o povo passou a rejeitar o transporte e buscar alternativa no mototáxi, que neste caso sai pelo mesmo preço e o passageiro vai aonde quer, diferente do VLT que o deixa na beira do caminho e distante de casa. 

    O “sonho” de Alice não vingou em Sobral, simplesmente porque trouxe o futuro antes do presente. 

    Sobral nunca teve um sistema regular de transporte urbano, assim sendo, como iria encarar com naturalidade a funcionalidade que os autores da obra denominaram de metrô?

    Vendo por um lado o custo da obra, relembrando o seu incômodo com as desapropriações, o extermínio de árvores, o fim da vida normal de muitos moradores, e por outro lado um empreendimento que ná passou até hoje de quebra-galho, quem é sobralense merece um atestado de burrice por haver aceitado que o ex-governador Cid Gomes fizesse de Sobral um laboratório para seus projetos megalomaníacos. 

    E como se não bastasse, ele Cid mentiu o tempo todo prometendo linhas adjacentes de ônibus, a mentira foi continuada pelo Veveu, mas nunca os ônibus foram comprados. Tudo mentira e dinheiro escorrido no ralo.

    O povo sobralense precisa acorda desse “sonho” de Alice e ficar alerta para que o irmão de Cid Gomes não se torne, também, um visionário futurista e queira fazer aqui um outro aquário, comprar um tatuzão ou construir uma filial da Nasa, pois afinal somos parecidos em tudo com os Satates Of The American.

    Fonte: Sobral News

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad