sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Climatempo detecta "condição favorável" para chuvas em 2017 no Ceará


As condições presentes atualmente no oceano Pacífico equatorial apontam para uma boa estação chuvosa em 2017 no Ceará e no Nordeste, com chuvas na média ou até acima dela. A previsão é do metorologista Alexandre Nascimento, do Climatempo, que prevê também chuvas irregulares nos meses de outubro, novembro e dezembro. "Nos próximos meses a expectativa é de que chova bem mais que nos últimos anos”, diz.

"A condição para que ocorram chuvas acima da média histórica é infinitamente melhor que a dos últimos anos. Nós já vínhamos com chuvas irregulares desde 2012. No último ano, com o super El Niño que se formou, foi o último prego para fechar o caixão. Para o próximo ano, mesmo que a La niña não se forme – oficialmente, [existe] uma condição mais fria do que o normal no Pacífico equatorial, que se desenha favorável ao Nordeste". 

Presidente Temer prestigia seu principal aliado no Ceará com direito a discurso de Eunício


O governador Camilo Santana (PT) engoliu seco, nesta sexta-feira (9), a determinação do presidente Michel Temer (PMDB) de ceder a palavra ao senador Eunício Oliveira (PMDB), principale aliado no Ceará, durante evento na sede do Banco do Nordeste (BNB).
Eunício discursou como relator da matéria sobre a renegociação e garantiu também a aprovação, na próxima terça-feira (12), no Senado, da PEC 55, referente ao Teto de Gastos Públicos, na qual também atua como relator.
Camilo, ao lado de Temer, teve de esquecer os ataques e ameaças ao Palácio do Planalto e, a contratagosto, bateu palma ao término do discurso de Eunício, desafeto dos padrinhos políticos Cid e Ciro Gomes (PDT).
Também participaram do evento o senador Tasso Jereissati e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.
Renegociação das dívidas
Temer, em primeira visita ao Estado como presidente, assina, nesta tarde, o decreto que liquida e renegocia dívidas de produtores rurais prejudicados pela seca na região.

Ceará News 7

Vídeo: Gastos da Assembleia Legislativa do Ceará em 2016 pagam construção de 3 grandes hospitais


A Assembleia Legislativa do Ceará tem 5.102 servidores na ativa, o equivalente à população da cidade Guaramiranga. O custo total da Casa com pessoal em 2016 foi orçado em R$ 244 milhões. Até novembro, já foram gastos R$ 217 milhões.

A Câmara Municipal de Fortaleza, com seus 43 vereadores, consumiu R$ 140 milhões em 2015, com todas as despesas e não apenas com a folha de pagamento de ativos e aposentados.

Para ter a exata noção do que representam os R$ 244 milhões que a Assembleia vai gastar este ano com pessoal, a equipe do programa Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, fez uma rápida conta. Esse valor daria para construir quase três hospitais de grande porte, como o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim.

Apesar da exorbitância dos valores, tem deputado que diz desconhecer os gastos. O parlamentar Ely Aguiar (PSDC) é um exemplo. “Eu não tenho acesso a esses números, porque isso é a nível de mesa diretora. E eu até me surpreendo. Há necessidade de se fazer uma análise com mais profundidade e constatar a veracidade dos fatos”, pontua.

O Poder Legislativo é um dos mais importantes na democracia. Seus representantes são escolhidos diretamente pelo povo com a missão de fazer leis e fiscalizar o Poder Executivo. Apesar do papel relevante, a Assembleia tem vivido momentos conturbados e dado mau exemplo quando o assunto é transparência.

Na quarta-feira (7), a TV Jangadeiro exibiu matéria mostrando que somente numa comissão criada pelo presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), existem 97 pessoas trabalhando na Campanha Ceará Sem Drogas. 

Veja todos os detalhes no vídeo


Dilma é escolhida como uma das mulheres do ano pelo 'Financial Times'


A ex-presidente Dilma Rousseff, que teve seu processo de impeachment concluído no final de agosto, foi escolhida como uma das mulheres do ano pelo jornal britânico "Financial Times".
A petista foi listada junto com a primeira-ministra britânica Theresa May; a ginasta olímpica americana Simone Biles; a designer de moda italiana Maria Grazia Chiuri, a cantora americana Beyoncé; a presidente sul-coreana Park Geun-hye e a americana Hillary Clinton, candidata derrotada na disputa pela presidência dos EUA, entre outras.
Ao descrever a ex-presidente, a publicação disse que Dilma está mais para "tecnocrata nerd" que para política nata. "Ela nunca está mais feliz do que quando discute os detalhes íntimos do Orçamento federal, com auxílio de PowerPoint", caracterizou o correspondente do "Financial Times" no Brasil, Joe Leahy.
Ao jornal, a petista disse que não pretende disputar mais nenhum cargo eletivo, mas continuará "politicamente ativa".
"Rousseff deve ainda estar chocada com a reviravolta em sua fortuna -inversão que correspondeu à de sua nação, que em poucos ano passou de milagre econômico a desapontamento", afirmou o jornal sobre o impeachment.
O texto explica que o julgamento final do impedimento no Senado concluiu que Dilma era culpada por uma série de "manobras fiscais arcanas" usadas para esconder a real dimensão da crise econômica.
"Enquanto ela argumenta que os presidentes anteriores usaram os mesmos truques orçamentários, seu governo foi o primeiro desde antes da segunda guerra mundial a ter suas contas rejeitadas pelo órgão fiscalizador das contas públicas, o TCU", afirmou o jornal, concluindo que o processo do de impeachment foi um julgamento político.
"A verdadeira razão pela qual ela perdeu o poder foi a queda da popularidade em meio a uma recessão crescente e a uma investigação de corrupção na estatal Petrobras".
No passado, Leahy defendeu que o impeachment poderia jogar o Brasil "no caos". No início do ano, o jornalista também sustentou que enredo da crise política nacional estava mais parecida com a série de TV "The Walking Dead", que retrata um apocalipse zumbi, que com o drama "House of Cards".
Perfil que o jornal fez do atual presidente, Michel Temer, disse que ele tem "aparência gótica" e vida pessoal picante. A publicação também já teceu elogios à Operação Lava Jato.

Fortaleza é a 3ª Capital do NE em violência física contra mulher

Maria da Penha
A cidade de Maria da Penha ostenta uma triste estatística quanto ao direitos de gênero. Em Fortaleza, uma em cada cinco mulheres (18,97%) já sofreu algum tipo de violência física. A capital cearense ocupa o 3º lugar no Nordeste, ficando atrás de Salvador (19,76%) e Natal (19,37%).

Os dados são da Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a mulher (PCSVDF Mulher), divulgados ontem. Realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Ceará (Caen/UFC) em parceria com o Instituto Maria da Penha, o estudo é considerado o maior da América Latina na área.

Ao todo, cerca de 10 mil mulheres, entre 15 e 50 anos, nas nove capitais da região, foram ouvidas no período de março a junho deste ano. 

As estatísticas fornecem informações quantitativas em relação à violência contra a mulher. As qualitativas, que ajudam investigar as causas, serão obtidas em 2017.

“Uma pesquisa com grande número de entrevistadas dá uma visão mais real da violência contra a mulher no Nordeste. Temos ainda uma segunda etapa em que as mesmas mulheres vão ser novamente entrevistadas em 2017 para complementar esses dados”, afirma Maria da Penha, que dá nome à lei de combate à violência doméstica, que completa dez anos em 2016.

“O objetivo é criar uma grande base de dados científicos e transparentes que possa dotar a sociedade civil desse tipo de informação”, explica José Raimundo Carvalho, professor e pesquisador do Caen/UFC, complementando que as 256 entrevistadoras eram todas mulheres.

Em Fortaleza, outro dado alarmante é que quase um terço das agressões físicas (5,54%) contra mulheres ocorreu nos doze meses anteriores à aplicação da pesquisa.

Além dos dados relacionados à violência física contra mulheres nas capitais do Nordeste, a pesquisa apresenta uma série de outros dados. No Nordeste, cerca de três em cada dez mulheres já sofreram algum tipo de violência na vida (física, emocional ou sexual). Quase metade desses casos (11,92%) ocorreu nos doze meses anteriores em que a pesquisa foi aplicada.

Números

Ranking Violência física contra mulher no Nordeste
Salvador - 19,76%
Natal - 19,37%
Fortaleza - 18,97%
Maceió - 18,44%
João Pessoa - 17,87%
Recife - 17,59%
Aracaju - 15,44%
Teresina - 14,22%
São Luís - 12,54%

Nos últimos 12 meses Maceió - 7,48%
João Pessoa - 6,04%
Recife - 5,74%
Fortaleza - 5,54%
Natal - 5,5%
Aracaju - 5,39%
Salvador - 4,73%
Teresina - 4,38%
São Luís - 3,67%

O Povo Online

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Com o fim do pacto de paz entre facções criminosas, Ceará deve fechar o ano com cerca de 3.500 assassinatos


Após novembro registrar, nada menos, que 292 homicídios no Ceará, dezembro também começou violento. Nos seis primeiros dias do último mês do ano, 56 pessoas foram assassinadas no Estado, numa média de 9,3 casos por dia. As estatísticas tendem a registrar em 2016 cerca de 3.500 homicídios. Entre janeiro e novembro, já são 3.204.

No mês de novembro, foram registrados 97 assassinatos em Fortaleza, 57 na Região Metropolitana, 86 no Interior Sul e mais 52 crimes no Interior Norte, totalizando, portanto, 292 homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesões corporais seguidas de morte, delitos denominados pelas autoridades como Crimes Violentos, Letais e Intencionais, os CVLIs.
Na tentativa de reduzir o impacto das estatísticas, o Governo do Estado do Ceará deixa de contabilizar a sua estatística os casos em que pessoas são assassinadas dentro das unidades do Sistema Penitenciário, isto é, crimes de mortes ocorridos nos presídios, penitenciárias e cadeias públicas. Neste ano, já são 49 casos.
Também ficam de fora da estatística oficial do Ceará os casos de mortes decorridas de intervenção policial, ou seja, pessoas mortas em confronto com a Polícia. Neste ano já são 88 casos registrados em todo o estado.
Pacto quebrado
Entre os meses de janeiro e agosto, os números de assassinatos na Capital cearense revelaram uma queda, fruto de um pacto firmado entre as facções criminosas que dominam o tráfico de drogas  em diversas comunidades periféricas da cidade. No entanto, em setembro, esta trégua foi quebrada e as execuções sumárias voltaram a atormentar moradores de diversos bairros, deixando um rastro de sangue nas ruas e dor nas famílias das vítimas.
A Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza, é um exemplo disso. Depois de um longo período de trégua entre as facções criminosas do Gueto e do Morro de São Tiago, as duas quadrilhas entraram novamente em “guerra” pelo controle da venda de drogas na área e os tiroteios e mortes voltaram a ser registrados, conforme admite a própria Polícia.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Lula prevê a queda de Temer e a volta de FHC

Lula prevê para Michel Temer um futuro de Dilma Rousseff. Em diálogos privados, ele diz ter certeza de que Temer não concluirá o mandato. O pajé do PT sustenta que o PSDB, hoje um dos principais aliados do governo, trama a volta de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República.
O retorno se daria numa eleição indireta, decidida no Congresso Nacional —como manda a Constituição para os casos de vacância da Presidência nos dois últimos anos do mandato.
O artigo 81 da Constituição anota: “Vagando os cargos de presidente e vice-presidente da República, far-se-á eleição 90 dias depois de aberta a última vaga.” Descendo até o parágrafo 1º desse mesmo artigo, lê-se: “Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita 30 dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei.”
Em almoço com Dilma, há uma semana, Lula estimou que o governo Temer irá à breca em 2017. Avalia que a derrocada ocorrerá “em breve”. Fareja no ar os primeiros sinais de traição do tucanato a Temer. Prenúncio, segundo diz, da articulação que visa apresentar FHC como antídoto contra a crise.
Depois da conversa com Lula, Dilma também passou a difundir em seus diálogos privados o vaticínio segundo o qual o PSDB fará com Temer o que o PMDB fez com ela. Com uma ponta de ironia, diz que Temer provará do seu próprio veneno. Nas palavras de Dilma, está em curso no Brasil um movimento subterrâneo que resultará em “um golpe dentro do golpe.”
Dilma conversou sobre o tema com uma pessoa que participou do seu ministério, ficando do seu lado até o impeachment. Relatou as previsões que ouvira de Lula. A conversa chegou aos ouvidos do ex-presidente José Sarney. Instado a manifestar sua opinião sobre a hipótese de um retorno de FHC pela via indireta, Sarney declarou: “O Fernando Henrique não pensa em outra coisa.”
Fonte: Blog do Josias de Souza

Ceará reduziu 15,8% número de homicídios em novembro

Delci Teixeira (SSDS)
O Ceará teve queda de 15,8% no número de homicídios nesse último mês de novembro, em comparação com o mesmo período do ano passado. A redução também representa o mês de novembro menos violento dos últimos seis anos.
Foi o 15º mês seguido de queda nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no Ceará e na Capital cearense.
Os dados são apresentados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 8. Houve queda dos CVLIs na capital cearense (-35,8%) e no Interior Norte (-14,5%), mas Interior Sul (6,2%) e Região Metropolitana (3,3%) tiveram aumento de homicídios.
Em outubro passado, Fortaleza e Interior Sul bateram a meta de redução de 6%, com quedas de 44,6% e 7,5%. Dessa vez, bateram a meta apenas capital e Interior Norte.
Ao todo, foram registrados 298 homicídios, 56 a menos que o total de homicídios em novembro de 2015 (quando foram contabilizados 354 CVLIs). Em Fortaleza, foram 97 mortes em novembro deste ano, contra 151 no mesmo período do ano passado.
Entre janeiro e novembro deste ano, foram mortas 3.087 pessoas no Estado, o que representa redução de 15,7% na comparação com mesmo período em 2015. No ano passado, até novembro, haviam sido registrados 3.660 CVLIs.
Fonte: O Povo Online

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Michel Temer vem ao Ceará na próxima sexta-feira anunciar medidas de convivência com a seca


O presidente Michel Temer (PMDB) deve desembarcar, na próxima sexta-feira (9), em Fortaleza para anunciar a liberação dos R$ 40 milhões para obras de convivência com a seca no Ceará.
O montante foi liberado através da articulação dos senadores Eunício Oliveira (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB).
Além do Ceará, Temer deve passar ainda por Pernambuco e Alagoas, onde também anunciará medidas de convivência com a seca e neutralizando articulações do governador Camilo Santana (PT) e do ex-ministro Ciro Gomes contra o Palácio do Planalto.

Fonte: Ceará News 7

Universidade Federal da Ibiapaba: Projeto de Lei é aprovado na Comissão de Trabalho


A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), da Câmara dos Deputados, aprovou por unanimidade o Projeto de Lei de autoria do deputado federal Moses Rodrigues (PMDB/CE), que autoriza o Poder Executivo a instituir a Universidade Federal da Ibiapaba, no Estado do Ceará.

“A nova universidade beneficiará diretamente nove municípios cearenses, entre eles: Carnaubal, Croatá, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, São Benedito, Tianguá, Ubajara, Viçosa do Ceará e Ipu, integrantes da microrregião de Ibiapaba, onde residem cerca de 350 mil pessoas de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De modo mais abrangente, poderão ser alcançados 47 municípios que compõem a mesorregião do Noroeste Cearense, cuja população é superior a 1 milhão e 200 mil habitantes que precisam de ter acesso à Educação Superior”, argumentou Moses Rodrigues.


De acordo com o parlamentar, uma das políticas mais bem sucedidas tem sido a expansão da interiorização de novas universidades ou novos campi universitários. O Poder Executivo Federal definirá após consulta pública, o local que será a sede da Universidade.


Novo golpe promete visualizar conversas de contato no WhatsApp


Usuários brasileiros do WhatsApp estão sendo vítimas de um golpe que promete recursos extras para o aplicativo. Segundo a empresa de segurança ESET, os criminosos informam aos usuários que eles podem visualizar as conversas de seus contatos por meio de uma opção chamada “Visualizador de conversas para o WhatsApp”.

O recurso pede ao usuário que faça inscrições em serviços de mensagens móveis pagos, que podem realizar débitos indevidos ou baixar aplicativos que roubam dados. O recurso falso é propagado por meio de links maliciosos que oferecem um serviço que mostra com quem os seus contatos conversam.
Ao clicar na propaganda, o usuário é levado para uma página de inscrição que pede o número do seu celular para que a função seja permitida. Logo em seguida, é conduzido para outra plataforma que pede para que se inscreva em um serviço de SMS pagos. Conforme as informações da ESET, o golpe atingiu 1,5 milhão de pessoas no mundo. O Brasil é o país mais afetado.
Fonte: O Povo Online

Prefeito eleito de Mulungu é preso pela PF no dia da diplomação


O prefeito eleito de Mulungu, Robert Viana (PMN), é uma das dez pessoas presas na Operação Três Climas, deflagrada nesta quarta-feira, 7, pela Polícia Federal. Foram presos ainda os secretários de educação de Itapipoca, Pacajus e Ocara.
Eles são acusados de fraudarem e superfaturarem licitações para transporte escolar das prefeituras dos três municípios.
A prisão do prefeito eleito ocorre no dia em que ele seria diplomado como vencedor da disputa eleitoral deste ano. Segundo a PF, fraudes em contratos das gestões com duas empresas ligadas ao grupo teriam desviado pelo menos R$ 10 milhões. A PF diz ainda não existirem, até o presente momento, provas do envolvimento dos atuais prefeitos das cidades nos desvios.
Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva (sem prazo), três de prisão temporária (por tempo máximo de cinco dias), seis mandados de condução coercitiva (condução forçada para depoimento) e 24 mandados de busca e apreensão.
Transporte escolar
Os recursos desviados vinham do Fundo Nacional de Manutenção do Ensino Básico (Fundeb) e do Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate). Sem divulgar nomes, a PF revelou que um ex-secretário de Educação de Pacajus também está entre os presos.
Mais de R$ 80 mil em espécie foram apreendidos durante as batidas policiais, separadas entre núcleos “político e econômico” do esquema. A operação mobilizou mais de cem agentes e ocorreu em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) no Ceará.
Também há indícios de desvio de recursos públicos em obras custeadas por convênios firmados com os Ministérios do Turismo e dos Esportes no município de Ocara. Suspeitos são investigados pelos crimes de peculato, corrupção ativa, corrupção passiva , fraude em licitação, dispensa indevida de licitações , associação criminosa e lavagem de dinheiro.
Fonte: O Povo Online

Maioria do STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado


O senador Renan Calheiros (PMDB) foi mantido na presidência do Senadoapós votação no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira, 7.
De nove ministros, seis votaram contra o afastamento do peemedebista, que havia sido afastado após liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello.
Apesar de votar a favor da permanência de Renan, a maioria dos ministros entendeu que ele não pode assumir a Presidência da República, tendo em vista que o peemedebista é o segundo na linha sucessória de Temer, atrás do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
Votaram pelo afastamento de Renan do cargo o relator, Marco Aurélio e os ministros Edson Fachin e Rosa Weber. Celso de Mello, Dias Toffoli, Teori Zavascki, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e a presidente, Cármen Lúcia, foram contra.


O julgamento no STF ocorre em meio a polêmicas e articulações de bastidores. A decisão em caráter liminar do ministro Marco Aurélio Mello, na segunda-feira, 5, pelo afastamento de Calheiros, foi descumprida pelo Senado. A determinação do ministro atendeu a uma ação ajuizada pelo partido Rede Sustentabilidade, que argumentou que réu não pode ocupar cargos na linha sucessória da Presidência da República.
Renan virou réu no STF no último dia 1º de dezembro, após denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador pelo crime de peculato. 
Voto do relator
O ministro Marco Aurélio votou para manter sua decisão liminar que determinou o afastamento do presidente do Senado do cargo. Em seu voto, Marco Aurélio criticou o descumprimento da sua decisão pelo Senado e determinou envio da cópia do processo para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que investigue os integrantes da Mesa do Senado que se recusaram a receber a intimação e a cumprir a decisão.
Votos contrários
Durante o julgamento, o ministro Celso de Mello, decano na Corte, esclareceu que não votou pelo afastamento de Renan Calheiros, quando a Corte começou a decidir se réus poderiam ocupar a linha sucessória da presidência da República. Dessa forma, a maioria de votos que justificava a decisão liminar de Marco Aurélio foi desfeita. 
Além de votar contra o afastamento de Renan Calheiros, o ministro Teori Zavascki criticou juízes que proferem comentários sobre as decisões de colegas. “Isso causa desconforto pessoal”, disse o ministro. Apesar de não ter citado um caso específico, a manifestação foi motivada pelo comentário feito pelo ministro Gilmar Mendes, que afirmou a um jornalista que Marco Aurélio deveria sofrer impeachment do cargo.
Ricardo Lewandowski acompanhou o argumento do ministro Luiz Fux sobre um prejuízo maior no caso de afastamento imediato de Renan, quando restam menos de 60 dias para o fim do mandato do peemedebista como presidente do Senado.
"Não há nenhuma indicação que o presidente da República venha a ser substituído pelo presidente do Senado num futuro próximo", disse Lewandowski antes de seguir o decano Celso de Mello e votar pelo afastamento de Renan somente da linha sucessória e não do comando do Senado.
Janot
Durante sua sustentação oral, o procurador-geral da República Rodrigo Janot afirmou que “se faz necessário afastar de imediato o senador Renan Calheiros do exercício da nobilíssima função de presidente do Senado da República”. Janot também criticou ainda a postura da Mesa Diretora do Senado, que ontem (6) decidiu não cumprir a liminar que afastou Renan da presidência da Casa. 
Defesa do Senado
O advogado do Senado, Alberto Cascais, disse que a Casa não teve a intenção de desafiar o STF ao não cumprir a decisão do ministro Marco Aurélio, que determinou afastamento do presidente da Casa.  
Fonte:Agência Brasil

Praia de Jericoacoara é eleita destino número 1 da América Latina


A praia de Jericoacora, que pertence ao município de Jijoca de Jericoacora, foi eleita como o destino número 1 da América Latina e garantiu o terceiro lugar na classificação mundial no prêmio “Choice Awards Travelers”, promovido pelo maior site de reservas do mundo, o TripAdvisor.