Lei Seca no Ceará é mantida para o segundo turno

Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), negou, na última sexta-feira, 3, o pedido de liminar para que fosse liberado o consumo de bebidas alcoólicas no dia de votação do segundo turno do pleito eleitoral, feito pelo Sindicato de Restaurantes, Bares, Barracas de Praia, Buffets e Similares (Sindirest).

O Sindirest defende que a decisão de coibir a venda de bebidas alcoólicas é ilegal e arbitraria, pois não há legislação regulamentando a matéria. Além de alegar que a proibição acarreta sérios prejuízos financeiros aos estabelecimentos associados, deixando a cidade vazia e sem atrativo turístico. Por isso impetrou mandado de segurança com pedido de liminar no TJCE contra a Portaria nº 1.386/2014, assinada pelo secretário de Segurança Pública e Defesa do Estado, Servilho Silva de Paiva.

Na analise do pedido, o desembargador destacou que “não se mostra desconhecido o fato de que qualquer forma de alteração causada pelo álcool pode acarretar tumulto ao sufrágio, o qual já é sabiamente difícil para as autoridades envolvidas, em virtude das paixões políticas que afloram”.

Ainda de acordo com Luiz Evaldo, “o objetivo do ato combatido é, na verdade, evitar a ocorrência de desordem, conferir maior rigidez ao processo democrático, além de assegurar a plenitude do exercício do voto livre e consciente”. O magistrado também afirma que a alegação de prejuízo não merece prosperar, assim como não se observa ilegalidade no ato administrativo.

Fonte: O Povo
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Twitter Ceará em Rede

Destaque

Veículo cai embaixo de ponte e motorista morre, em Fortaleza

Fonte: G1 Um motorista morreu após capotar o veículo e cair embaixo de uma ponte no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza, na noite deste...

Arquivo do blog