Prefeitura diz não poder comprar caixão a família de Falecido


Imagem Click Notícia: Corpo em colchão por não ter urna funerária


Família de homem falecido na Cohab 2, sofre por não poder comprar caixão para sepulta-lo


Sr. Aldivan, de uma família carente de Sobral, faleceu ontem no bairro Cohab 2.
Segundo populares a família do falecido não tem condições de comprar a urna funerária
para um sepultamento digno de seu ente querido, e que o corpo do falecido ainda se encontra em sua cama desde ontem domingo dia 17.

A família procurou a prefeitura na tentativa de adquirir a urna nos serviços sociais que amparam famílias sem condições financeiras para comprar um caixão. 
Más infelizmente lhe fora negado pelo fato do serviço estar suspenso por tempo indeterminado.

Veja com detalhes na reportagem com Gege Romão do Click Tv:


Imagens e reportagens Click Tv
Share:

Jovem cai em canal após ser atropelado por veículo em Fortaleza

Fonte: G1/ Ce

Um jovem caiu em um canal após ser atropelado por um veículo no cruzamento da Avenida Eduardo Girão com a Rua Jorge Dumar, na noite desta sexta (15), no Bairro Jardim América, em Fortaleza.

De acordo com testemunhas, a vítima estava passeando de patins com amigos, quando um veículo tentou desviar de um carro que avançou a preferencial o atingiu.

Com o impacto, a vítima caiu dentro do canal que passa no local do acidente. No carro, estavam uma mulher, o marido e as duas filhas. A motorista estava acompanhada do marido e duas filhas no momento do acidente e, apesar do susto ninguém ficou ferido. A mulher permaneceu no local e acompanhou o resgate.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e o patinador foi retirado do canal com ferimentos leves. A vítima foi levada por uma ambulância do Samu para um hospital particular.

Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) estiveram no local para auxiliar o trânsito.

Fonte; G1/ Ce
Share:

Suspeita de explosivo no Centro de Fortaleza mobiliza Esquadrão Antibombas da Polícia Militar

Fonte: G1/ Ce

A Polícia Militar acionou o Esquadrão Antibombas, nesta sexta-feira (15), para verificar uma suposta bomba que foi deixada na Rua Conselheiro Estelita, entre as ruas Guilherme Rocha e São Paulo, no Centro de Fortaleza.

Os agentes chegaram ao local por volta das 10h05 para avaliar o objeto e, às 11h, informaram que se tratava apenas de um saco cheio de areia e coberto com fita adesiva. Mesmo assim, de acordo com o cabo Siqueira, do esquadrão, o material será levado para ser destruído em local seguro, mas não informou onde.

Quem achou o suposto explosivo foi o empresário Ivanildo Tavares. Ele afirmou que viu o objeto estranho próximo ao seu carro, após estacionar o veículo próximo a um condomínio.


“Agora há pouco eu fui visitar minha irmã em um condomínio aqui próximo e, ao estacionar o carro, fui retirar alguns objetos no porta-malas e foi quando observei o objeto quase do tamanho de um coco envolto a um plástico preto, meia e fitas. Eu achei estranho, toquei com o pé e achei até pesado. Eu chamei o porteiro e ele decidiu chamar a polícia”.

Chegando ao local, policiais militares fecharam as ruas Guilherme Rocha e São Paulo e o trânsito teve que ser desviado, mas foi liberados após a constatação de que não havia material explosivo no suposto artefato.


Fonte: G1/ Ce

Share:

Trio suspeito de integrar quadrilha que fraudava benefícios do INSS no Nordeste é preso no Ceará

Fonte: G1/ Ce

Três pessoas foram presas, entre elas um idoso, suspeitas de associação criminosa e uso de documento falso durante uma fiscalização, na noite desta quarta-feira (13), na BR-116, em Chorozinho, na Grande Fortaleza.

O trio, que segundo investigações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), é suspeito de integrar uma quadrilha que fraudava benefícios do INSS em vários estados do Nordeste e se preparava para tentar realizar saques de benefícios previdenciários em uma agência bancária de Sobral, na região norte do estado.

Segundo a PRF, o trio foi abordado por volta das 22h40, no km 70 da rodovia. Eles estavam em um carro com placas da cidade de Rio Largo, estado de Alagoas. Os homens saíram de Sergipe e já tinham tentado aplicar a fraude na cidade de Amarantes do Piauí. Durante a abordagem, o condutor do carro mostrou nervosismo e levantou a suspeita dos policiais. Ao ser revistado, foi encontrada um identidade falsa escondida dentro da cueca dele.


O idoso mostrou um documento falso e, ao ser interrogado sobre os dados cadastrados na cédula de identidade apresentada, não soube confirmar as informações. Os agentes perceberam que ele tentava olhar para uma anotação escrita na calça que vestia, como forma de lembrete.

Diante da situação, os policiais federais fizeram uma busca no veículo e encontraram vários cartões, um CPF, além de diversos comprovantes bancários de saques de contas do INSS, transferências e depósitos bancários, todos em nomes de terceiros.

Pai preso

As investigações da PRF revelaram que o pai do motorista já havia sido preso pela Polícia Federal na cidade de Caruaru em outubro deste ano, quando estava na companhia de uma idosa, 68 anos de idade, portadora de um RG falso, tentando regularizar um CPF junto à Receita Federal. Os suspeitos integravam uma quadrilha que vem fraudando o INSS em vários estados do Nordeste, dentre eles Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Todos foram levados para a sede da Polícia Federal em Fortaleza, onde foram autuados por uso de documento falso e associação criminosa.


Fonte: G1/ Ce
Share:

Irmãos policiais são presos em operação que investiga crimes entre famílias rivais no Ceará

Fonte: G1/Ce

Dois irmãos policiais militares foram presos suspeitos de envolvimento em homicídios cometidos entre duas famílias rivais de Banabuiú, município do interior do Ceará. Uma delas da qual os irmãos fazem parte. Outras seis pessoas também foram presas na operação que cumpriu cinco mandados de prisão e 14 de busca e apreensão nas cidades de Banabuiu, Quixadá, Fortaleza, no Ceará, e Balças, no Maranhão, nesta terça-feira (12).

Segundo a polícia, houve pelo menos quatro assassinatos de membros das duas famílias desde 2010. A polícia não explicou qual a motivação da rixa entre as famílias.

Durante a operação foram apreendidas 10 armas, entre elas um fuzil de uso restrito das forças policiais, e mais de mil munições de uso restrito. Além de R$ 7 mil em dinheiro, cheques, celulares e notebook.

Parte das munições foram encontradas com os militares, que são de Fortaleza, mas possuem familiares em Banabuiu.

As armas apreendidas vão passar por exames periciais.

Fonte: G1/Ce
Share:

Corpo de modelo de 18 anos que sumiu após cair de moto aquática na Bahia é encontrado

Fonte: G1/ BA

O corpo da modelo Vitória do Nascimento, de 18 anos, que desapareceu em uma barragem após cair de moto aquática, em Ponto Novo, no norte da Bahia, foi encontrado na manhã desta terça-feira (12). As informações foram confirmadas pelos bombeiros que estão no local.

Ainda não há detalhes sobre o horário em que o corpo foi encontrado e a localização exata. Ainda segundo os bombeiros, informações preliminares apontam que corpo emergiu e voluntários encontraram. Em seguida eles acionaram a corporação.

O corpo deve ser lavado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.

Vitória desapareceu no sábado (9), quando teria se desequilibrado do veículo e caído nas águas da barragem. Informações preliminares apontaram que ela estava sem colete salva-vidas na hora do acidente. Não há informações sobre sepultamento.

O piloto da moto aquática fugiu do local sem prestar ajuda. Ainda não há informações sobre a identidade dele.

Fonte: G1/ BA
Share:

Polícia captura dez pessoas e apreende joias, drogas e arma em festa em Fortaleza

Fonte : G1/ Ce

Dez pessoas foram capturadas pela polícia durante uma festa na Rua Santana da Parnaíba, no Bairro Castelão, em Fortaleza, na noite desta sexta-feira (8). No local, foram apreendidos 43 papelotes de cocaína, uma arma de fogo, joias e aparelhos celulares.

Conforme agentes do Comando Tático Motorizado (Cotam), o material estava em uma residência onde os suspeitos realizavam a festividade. O revólver foi localizado com um homem de 21 anos.

Na ocasião, três veículos que estavam com a documentação irregular também foram apreendidos pela polícia.

Quatro mulheres, quatro homens e duas adolescentes que estavam no local foram encaminhadas para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Fonte: G1/ Ce
Share:

Cearense e bebê são encontrados mortos dentro de casa na Holanda; Consulado acompanha o caso

Fonte: G1/ Ce

Uma cearense de 32 anos e o bebê foram encontrados mortos dentro de casa na cidade de Diemen, na Holanda. De acordo com o irmão de Patrícia de Oliveira Santos, a família foi informada sobre as mortes no dia 18 de outubro, mas até agora não tem mais informações sobre os corpos. Um homem foi preso, mas a família da cearense ainda não sabe se ela foi assassinada ou se morreu de causas naturais.

O Consulado-Geral do Brasil em Amsterdã confirmou as mortes e informou ao G1 que acompanha o caso e está em contato com familiares da brasileira. A reportagem também entrou em contato com o Ministério das Relações Exteriores e com o Consulado da Holanda em Fortaleza, mas ainda aguarda resposta.

Patrícia de Oliveira Santos é natural de Fortaleza e tinha um relacionamento de três anos com um holandês, identificado apenas como Dennis, de 48 anos. O namorado vinha da Holanda frequentemente para visitar a cearense e passava cerca de três meses com ela na casa da família em Fortaleza.

Em uma das visitas do holandês, Patrícia de Oliveira engravidou e o namorado resolveu levar a cearense para morar na Holanda. Ele enviou as passagens aéreas e a mulher resolveu se mudar do Ceará.

Grávida de oito meses, a brasileira embarcou para Amsterdã no dia 28 de setembro, deixando dois outros filhos pequenos, de oito e nove anos em Fortaleza.

Conforme a Defensoria Pública da União (DPU), a prioridade no momento "é esclarecer os fatos". "A DPU/CE irá oficiar o Ministério das Relações Exteriores sobre a situação e solicitará diligências por parte do consulado brasileiro em Amsterdam no sentido de apurar a ocorrência do óbito", informou o órgão por nota.

Sem contato com a família

Segundo a família, Patrícia mantinha contato todos os dias e relatava que tudo estava bem. Entretanto, depois de algumas semanas o cenário mudou. Ela passou a dizer por meio de mensagens nas redes sociais que o companheiro tinha se tornado ciumento e agressivo e que não queria mais que ela tivesse a criança, incentivando-a inclusive a abortar.

Patrícia informou que teria que deixar de manter contato frequente com a família, pois o namorado não gostava que ela ficasse no celular. A partir de então, os parentes não tiveram mais contato algum com a mulher.

Somente no dia 18 de outubro, o irmão da vítima recebeu a notícia da morte de Patrícia. Ela teria sido encontrada morta dentro de casa ao lado do corpo do bebê, segundo o consulado.

Falta de informações


A família não tem informações sobre as circunstâncias da morte da cearense nem se o bebê encontrado morto é o filho que Patrícia esperava, quando saiu do Brasil.

Segundo a família, a única informação que obtida foi de que um homem foi preso, mas que não há confirmação se é o namorado holandês. As autoridades holandesas também garantiram que estão providenciando o traslado dos corpos.

O Consulado-Geral do Brasil está acompanhando o caso, mas não repassou detalhes sobre o ocorrido. "Em atendimento ao direito à privacidade dos envolvidos, bem como à Lei de Acesso à Informação e ao decreto 7.724, o Itamaraty não pode fornecer informações adicionais sobre o assunto", informou o órgão em nota.

Fonte: G1/ Ce




Share:

Aluna forjou narrativa de estupro para se vingar de universitário, diz polícia

Fonte: G1/ Ce

A adolescente de 17 anos que afirmou ter sido estuprada por um estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC) forjou uma narrativa de estupro por “vingança”, de acordo com a delegada Arlete Silveira, titular da 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Para a investigadora, a “farsa foi muito bem montada". O estudante que era considerado suspeito teve a prisão preventiva revogada.

No relato, a adolescente admitiu ter forjado a narrativa de estupro por "vingança". A garota disse ter sido vítima de crime sexual em via pública.


Conforme a delegada responsável pelo caso, a aluna havia sofrido uma situação de violência sexual há alguns anos, caso que não foi denunciado ou investigado, e agora teria criado uma nova situação para denunciar o estudante.

"O rapaz não tem nada a ver com a história. Foi uma vingança porque ele [o caso denunciado pela aluna] representou, simbolizou, toda uma dor coletiva, um caos coletivo, e ali julgaram ele", explica a delegada. Ela considera que o falso relato de estupro "prestou um desserviço às mulheres".

Para forjar a narrativa do estupro, a adolescente criou duas contas falsas na rede social Instagram e passou a enviar ameaças para ela mesma, mas atribuindo-as a um universitário. Contudo, conforme a delegada, nenhum rastro foi encontrado nos aparelhos eletrônicos do estudante. Já nos da jovem, a polícia encontrou.

Uma das mensagens dizia: “nós se encontra já, ainda bem que 'tá' de saia já ajuda no trabalho, tem gente te seguindo aí dentro gatinha, acho bom você ficar esperta”. Por outro perfil, ela enviou: “cansei de brincadeira. Se eu te pegar sozinha pelo Pici, não vai ter perdão eu vou fazer o que eu sempre quis com você”.

risão e soltura de universitário

A Polícia Civil recebeu três denúncias de estupro cometido pelo mesmo aluno. Duas delas são falsas, conforme a delegada. No caso que segue em investigação, uma aluna afirma que foi vítima de estupro coletivo dentro da UFC. Conforme o depoimento dela, dois homens a seguraram enquanto um terceiro a estuprou, em abril deste ano.

Diante das acusações, um universitário ficou preso durante seis dias, em uma delegacia no Bairro de Fátima. Porém, na tarde de quinta-feira (31), a Justiça Estadual revogou a prisão do jovem após pedido da própria Polícia Civil. "A gente tem a missão de protegê-lo. Houve um linchamento virtual", afirma Arlete Silveira. O aluno foi solto na noite de quinta.

Em nota emitida na semana passada, a UFC informou que abriu sindicância para apuração e adoção de “providências cabíveis”.

“Ao mesmo tempo em que repudia, veementemente, todo e qualquer ato de violência, a UFC informa que o procedimento de sindicância é realizado sob sigilo, a fim de preservar os nomes das vítimas e de não prejudicar as investigações”, declarou a Universidade.
Além disso, a instituição afirma que vai redefinir a logística de segurança e reavaliar o posicionamento de postos de vigilância no campus do Pici, além de ampliar as condições de iluminação e substituir lâmpadas em determinadas áreas do local.

Fonte: G1/ Ce
Share:

Policial civil é baleado durante tentativa de assalto na Grande Fortaleza


Fonte: G1/ Ce

Um policial civil foi baleado durante uma tentativa de assalto no Bairro Garrote, em Caucaia, Grande Fortaleza, na noite desta quarta-feira (30).

De acordo com a polícia, o agente, que também é professor, estava retornando para casa de motocicleta depois de uma aula quando dois homens, também em uma moto, se aproximaram. Os suspeitos anunciaram o assalto e atiraram contra o policial.

Após ser ferido, o agente caiu do veículo e os criminosos fugiram. Não foi informado se a dupla chegou a levar algum pertence da vítima.

O policial foi socorrido por um carro da Polícia Militar e levado para o Hospital Municipal Abelardo Gadelha da Rocha, em Caucaia. O estado de saúde dele é estável.


Fonte: G1/ Ce
Share:

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Prefeitura diz não poder comprar caixão a família de Falecido

Imagem Click Notícia: Corpo em colchão por não ter urna funerária Família de homem falecido na Cohab 2, sofre por não poder comprar...

Arquivo do blog