Auxilio emergencial já pode ser solicitado pelo aplicativo da caixa baixe agora

A Caixa Econômica lançou, nesta terça-feira (7), o site para cadastro de beneficiários do Auxílio Emergencial de R$ 600. Um aplicativo similar também foi divulgado para usuários de smartphones Android e iOS (iPhone), bem como o número 111, para que a população tire dúvidas. O primeiro pagamento ocorrerá até quinta-feira, 9/4, para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil. Para os demais, a partir de 14 de abril. Até o dia 30 de abril, a segunda parcela do auxílio será paga.
 


Quem não tem conta em banco ganhará uma poupança da Caixa sem custos e poderá receber pagamentos e fazer depósitos gratuitamente, garantiu o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.


No site, é possível fazer a inscrição de trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos ou desempregados. Segundo a página, o auxílio tem como objetivo proteção destas pessoas no período emergencial de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus.


Para receber o pagamento de R$ 600 é preciso atender as seguintes condições:


-Ser titular de pessoa jurídica (micro empreendedor individual ou MEI)


-Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do Governo Federal até o último dia 20 de março


-Cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020


-Ser contribuinte ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social


-Ter mais de 18 anos de idade


-Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50)


-Ter renda mensal de até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família


-Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018


Na renda familiar, não contam os valores recebidos do Bolsa Família, mas os demais rendimentos estão inclusos.


A mulher que for mãe de família e estiver dentro dos demais critérios poderá receber R$ 1.200 (duas cotas) por mês


Expectativa


Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, 15 milhões de brasileiros devem se cadastrar no Auxílio Emergencial ainda hoje.

De acordo com o presidente da Caixa, o Governo Federal estima pagar R$ 98 bilhões de auxílio nos próximos 45 dias, para 54 milhões de brasileiros.

Já segundo o ministro da Cidadania, 30 milhões de pessoas vão receber uma conta na Caixa sem custo.

Débitos anteriores


Durante a coletiva, o ministro Lorenzoni afirmou que o recurso não pode ser coletado para débitos anteriores. "Por exemplo, quando o dinheiro é enviado da Caixa para um banco privado, débitos anteriores não poderão ser quitados, pois este recurso não se destina a pagamentos de dívidas anteriores e sim para a manutenção da vida durante a pandemia", afirmou o ministro da Cidadania. E isso foi um acordo feito entre Governo Federal, Caixa, Banco do Brasil e Federação Brasileira de Bancos (Febraban).


Programas sociais


Beneficiários de programas sociais como o Bolsa Família não precisam se cadastrar no site ou no app do Auxílio Emergencial, pois irão receber o auxílio nos formatos atuais que eles já possuem.

Fonte: Diario do nordeste
Share:

Grupo armado explode agência bancária em Umirim, no Ceará

Fonte: G1/ Ce

Um grupo com sete homens fortemente armados explodiu uma agência bancária do município de Umirim, na Região Norte do Ceará, na madrugada desta terça-feira (7). O ataque à unidade bancária, localizada no Centro da cidade, ocorreu por volta das 2h30 da manhã.

Ainda não há informações sobre o material utilizado durante o ataque, que deixou a parte interior do banco completamente destruída. A Polícia Militar de Pentecoste confirma que o grupo levou dinheiro, mas a quantia será revelada somente após perícia.

Após atacarem a agência do Bradesco, os criminosos fugiram em um carro branco, mas o veículo foi abandonado na Estrada da Oiticica, que liga Umirim a Itapajé, afirma a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), em nota. O grupo deu continuidade à fuga em motos, seguindo em direção a Itapajé, acrescenta a Polícia Militar de Pentecoste.

O carro, com placas de São Paulo, apresentava digitais e manchas vermelhas. A polícia suspeita que sejam vestígios da tinta de segurança das cédulas retiradas do caixa eletrônico.

Ainda de acordo com a Secretaria da Segurança, equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e fizeram buscas na região. Entretanto, nenhum dos suspeitos foi localizado.

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) vão atuar nas investigações em conjunto com equipes da Delegacia Municipal de Pentecoste, complementa a SSPDS.

A Pasta pede que a população contribua com o trabalho policial repassando informações. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública; para o (85) 3364-1190, da Polícia Militar de Umirim; ou ainda para o número (85) 3101-1140, da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). O Estado afirma garantir sigilo e anonimato.

Sem atendimento

Ao contrário do procedimento comum em casos de ataques a bancos, os criminosos não foram ao destacamento da Polícia Militar, onde costumam atirar contra o prédio para impedir a saída dos policiais.

"Ficou complicada a situação da cidade sem esse banco. A única agência do Bradesco para os aposentados era essa aqui. Ou então eles têm que ir pra Itapajé e fica mais difícil porque é um gasto a mais para os senhores de idade. E muitos deles sustentam a família", afirma o mototaxista Célio Silva, morador de Umirim.

Em setembro do ano passado, uma agência do Banco do Brasil foi alvo de ataque em Umirim. Na ocasião, os criminosos usaram explosivos e uma picareta, mas não levaram nada.


Fonte: G1/ Ce 
Share:

Operação apreende 50 mil máscaras no Ceará que eram vendidas em farmácias a preços abusivos

Fonte: G1/ Ce

Uma operação apreendeu nesta terça-feira (7) 50 mil máscaras hospitalares que eram vendidas em uma rede de farmácias de Fortaleza por preço abusivo. O valor cobrado era até quase 20 vezes maior que o preço normal, aproveitando-se do momento de pandemia do novo coronavírus, segundo o Ministério Público, que realizou a operação em parceria com a Polícia Civil.

O alvo da Operação Careza era uma rede de farmácia com várias unidades em Fortaleza. A Justiça Estadual determinou o cumprimento de nove mandados de busca e apreensão nas unidades da empresa na capital cearense.

Além das máscaras hospitalares, os investigadores apreenderam documentos, papéis, anotações, objetos, computadores, aparelhos de telefone celular, smartphones, notebooks, tablets, aparelhos eletrônicos com capacidade de armazenamento, e arquivos em meio magnético ou óptico.

A busca pelo material cresceu bastante desde o avanço da pandemia de coronavírus pelo mundo. No Ceará, um dos estados mais afetados pela doença no Brasil, a escassez de máscaras gerou uma busca pelo item nas farmácias desde o início de março.

O Ceará tem 35 óbitos por Covid-19, doença causada pelo coronavírus, e mais de mil pacientes infectados.

De R$ 10 para R$ 180

Conforme a denúncia recebida pelo Grupo de Trabalho Covid-19, do Ministério Público, a rede de farmácias estaria vendendo uma caixa com 50 máscaras pelo valor de R$ 180; antes da pandemia do novo coronavírus, o preço era de R$ 10.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos por 50 policiais civis, divididos em equipes que compareceram em estabelecimentos comerciais localizados nos bairros Centro, Henrique Jorge, Jockey Clube, Messejana, Papicu e Vila Velha.

Os dados foram levantados pelo MPCE junto da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz). De acordo com o Ministério Público, foi possível comprovar a existência de crimes contra a economia popular. Em caso de condenação, a pena varia de seis meses a dez anos de detenção.


Fonte: G1/ Ce
Share:

Aplicativo para cadastro em renda emegencial será lançado na próxima terça pela Caixa

A partir da próxima terça-feira (7), dezenas de milhões de brasileiros poderão baixar um aplicativo lançado pela Caixa Econômica Federal que permitirá o cadastramento para receberem a renda básica emergencial, de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, no caso de mães solteiras. O banco também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro.



O próprio aplicativo avaliará se o trabalhador cumpre os cerca de dez requisitos exigidos pela lei para o recebimento da renda básica. O pagamento poderá ser feito em até 48 horas depois que a Caixa Econômica receber os dados dos beneficiários, mas o presidente do banco não se comprometeu em apresentar uma data específica. Quem não tem conta em bancos poderá retirar o benefício em casas lotéricas.


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco lançará outro aplicativo, exclusivo para o pagamento da renda básica. O benefício será depositado em contas poupança digitais, autorizadas recentemente pelo Conselho Monetário Nacional, e poderá ser transferido para qualquer conta bancária sem custos. Segundo ele, o calendário de pagamentos será anunciado na próxima semana, depois de o banco conhecer o tamanho da população apta a receber a renda básica emergencial.


Segundo Guimarães, o decreto que regulamenta a lei que instituiu o benefício será finalizado hoje, mas ele não informou se o texto será publicado ainda nesta sexta-feira (3) ou no início da próxima semana. Na segunda-feira (6), a Caixa Econômica detalhará o funcionamento dos dois aplicativos.


O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que só precisarão se inscrever no aplicativo microempreendedores individuais (MEI), trabalhadores que contribuem com a Previdência Social como autônomos e trabalhadores informais que não estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Caso o trabalhador esteja inscrito no cadastro único, o aplicativo avisará no momento em que ele digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).


Bolsa Família


Os beneficiários do Programa Bolsa Família não precisarão baixar o aplicativo. Segundo Onyx, eles já estão inscritos na base de dados e poderão, entre os dias 16 e 30, escolher se receberão o Bolsa Família ou a renda básica emergencial, optando pelo valor mais vantajoso.


O ministro da Cidadania lembrou que o benefício de março do Bolsa Família terminou de ser pago no último dia 30. Para ele, o pagamento do novo benefício a essas famílias antes do dia 16 complicaria o trabalho do governo federal, que ainda está consolidando a base de dados, de separar os grupos de beneficiários.


“A lei cria uma série de regras. Temos de fazer filtragem da base de dados. O que acontece? A base já existe. O maior desafio está nas pessoas que não estão em base nenhuma, por isso criamos a solução via aplicativo, internet e central de telefones”, explicou o presidente da Caixa.


Ele lembrou que, no caso do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), um terço dos 60 milhões de pagamentos foi feito por aplicativo. Para Guimarães, o índice deve ser semelhante com o novo benefício emergencial.


Desafio


Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, que participou da apresentação, o grande desafio do governo não consiste em eventuais atrasos na aprovação de medidas, mas na própria montagem da logística. “Não são um ou dois dias de atraso ou de antecipação. Desde que começamos a formular o programa, o grande desafio é a logística de entrega. É um cronograma quase físico de capturar os cadastros. Não é a aprovação que vai mudar o cronograma físico”, destacou.


Guedes destacou que, em três semanas, o governo saiu de zero para cerca de R$ 800 bilhões em programas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus e de manutenção dos empregos. A conta, que envolve não apenas gastos novos, mas antecipações de despesas, adiamento de tributos e remanejamentos, está, segundo o ministro, em 3,4% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos). “Nenhum país emergente fez uma movimentação tão rápida de liberação de recursos como o nosso. A implementação está no mesmo ritmo dos Estados Unidos, um país que tem experiências com catástrofes”, declarou.


O ministro cobrou a união de prefeitos, governadores, Executivo federal, Legislativo e Judiciário para andar com as medidas. Em relação à necessidade da aprovação da proposta de emenda à Constituição do orçamento de guerra para a liberação do benefício, o ministro disse que a ala jurídica do Ministério da Economia tinha dado aval para o início do pagamento, mas que a ala econômica da pasta tinha receio de que o descumprimento da regra de ouro, que proíbe a emissão de dívida pública para gastos correntes, prejudicasse o governo, mesmo com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, tendo autorizado os gastos extras.


(Agência Brasil)


Share:

Sobral: Dia 2 de Abril dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado nas redes sociais


Dia 2 de Abril de 2020. Dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado nas redes sociais.


Em Sobral as Mães de crianças e jovens autistas se organizam e celebram o dia Mundial de Conscientização do Autismo virtualmente. Por conta da pandemia em que o mundo vem atravessando.
 


A ideia para celebrar a data inicialmente seira um evento bem mais elaborado, com panfletagem e interação nas principais ruas de Sobral. Más em virtude da ordem do governo estadual e municipal de proibição a eventos que gerem aglomeração de pessoas, o evento foi cancelado. A solução foi recorrer as plataformas digitais.

Parabéns a essas guerreiras e principalmente aos Autistas que clamam por atenção social, respeito e direitos como um todo. Levante nossa bandeira você também. 

TEA

autismo — nome técnico oficial: Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) — é uma condição de saúde caracterizada por déficit em duas importantes áreas do desenvolvimento: comunicação social e comportamento. Não há só um tipo de autismo, mas muitos subtipos, que se manifestam de uma maneira única em cada pessoa. Tão abrangente que se usa o termo “espectro”, pelos vários níveis de comprometimento — há desde pessoas com outras doenças e condições associadas (comorbidades), como deficiência intelectual e epilepsia, até pessoas independentes, com vida comum, algumas nem sabem que são autistas, pois jamais tiveram diagnóstico. Saiba mais sobre autismo no nosso artigo “O que é autismo?“.



Veja mais informações sobre o Dia Mundial de Conscientização do Autismo no site da ONU (em inglês): em www.un.org/en/events/autismday.


Informes e links: Revista Autismo
Share:

Procurar no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

Seguir por Email

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Auxilio emergencial já pode ser solicitado pelo aplicativo da caixa baixe agora

Foto ilustrativa App Caixa BAIXE AGORA O APLICATIVO A Caixa Econômica lançou, nesta terça-feira (7), o site para cadastro de benefic...