Repórter da Globo é assaltada enquanto fazia matéria sobre insegurança

Viatura da Polícia Militar estava a 50 metros do local, mas não conseguiu evitar que o criminoso levasse o celular da jornalista


A repórter Larissa Fernandes, que trabalha na TV Paraíba, afiliada da TV Globo em Campina Grande, foi assaltada enquanto fazia uma matéria sobre a insegurança em uma parada de ônibus localizada em frente a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Uma viatura da Polícia Militar estava a 50 metros do local, mas nem isso impediu a ação do bandido.

De acordo com o que relata a jornalista na reportagem veiculada pela emissora e peloportal G1, ela estava em contato com a redação quando foi abordada pelo criminoso, que arrancou o celular de sua mão.

— Foi a segunda noite que eu fui no local mostrar a situação dos alunos que são vítimas da insegurança e eu, infelizmente, também fui vítima. Eu vinha usando meu celular a trabalho para entrar em contato com a redação e o rapaz simplesmente tomou o aparelho da minha mão. Ainda tentei chamar a polícia, mas ele fugiu. Eu nunca tinha imaginado passar por isso, quanto mais trabalhando — disse Larissa.

Ela, o cinegrafista e um assistente da tevê pediram ajuda aos policiais para tentar recuperar o aparelho. Os PMs, no entanto, não conseguiram encontrar o suspeito e a repórter precisou ir até a delegacia para fazer o boletim de ocorrência.



Fonte: Diário Gaúcho
Share:

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Pesquisadores desenvolvem vacina contra coronavírus

Imagem ilustrativa Google.com São Paulo — O microbiologista e médico Yuen Kwok-yung anunciou que pesquisadores de Hong Kong já desenv...

Arquivo do blog