Filipinas localizam corpo de alemão que foi decapitado por extremistas


O corpo de um alemão sequestrado e decapitado por extremistas da rede Abu Sayyaf na semana passada foi encontrado na ilha de Sulu, anunciou o Exército filipino.

Essa rede ativa no sul das Filipinas e leal ao grupo Estado Islâmico (EI) executou Jurgen Kantner, de 70 anos, depois que seu pedido de resgate de 30 milhões de pesos (cerca de US$ 600 mil) foi ignorado.

Kantner viajava a bordo de seu veleiro "Rockall", encontrado à deriva em 7 de novembro passado. A bordo, estava o corpo de sua companheira Sabine Merz, morta a tiros.

Os restos mortais de Kantner estão no necrotério do Hospital Militar de Sulu e serão devolvidos à Alemanha "para que receba o sepultamento que merece", afirmou um porta-voz militar, o coronel Edgard Arevalo.

Nos últimos dias, foram registrados confrontos armados entre as tropas filipinas e homens da Abu Sayyaf. De acordo com o Exército, 18 soldados ficaram feridos, e 14 extremistas morreram nesses combates.


Fonte:G1

Postar um comentário

0 Comentários