Jornalista revela na TV que tem vida dupla como prostituta de luxo

Amanda Goff, 40, surpreendeu a Austrália ao revelar que se prostitui desde 2012
A jornalista Amanda Goff, 40, surpreendeu a Austrália ao revelar que virou prostituta durante o programa "Sunday Night", na semana passada. A bem-sucedida repórter que vive em Sidney, especializada em beleza e celebridades, disse que decidiu tentar a sorte na nova profissão desde que visitou um bordel de luxo em 2012, durante sua hora de almoço.

"Sou uma mulher de negócios, vendo meu tempo e sexo. Sexo é um negócio, e um grande negócio", disse Amanda ao "Sunday Night". "Por que escolhi vender o meu corpo? Eu não vendo o meu corpo, eu só decidi cobrar por algo que eu já fazia de graça", disse.

Amanda tem 20 anos de carreira como jornalista e diz que a nova profissão não anula a antiga. Ela contou que, após seu divórcio, ela saiu com alguns homens e teve experiências desagradáveis e decidiu: "ninguém mais vai tirar vantagem de mim".


"Samantha X"

A prostituta de luxo atende como Samantha X e cobra US$ 800 (R$ 1.890) por hora de programa, ou US$ 5.000 (R$ 11,8 mil) pela noite inteira. Em paralelo, ela lançou um livro "Hooked, by Samantha X" (um trocadilho com as palavras "prostituta" e "vício", em inglês), e mantém um site onde escreve dicas sobre sexualidade e divulga material promocional de seus serviços.

Amanda diz que, por US$ 5.000, ela oferece o seu tempo e intimidade ao cliente, e que seu trabalho é fazer que eles se sentam desejados. "Ele chega, a gente conversa, faz sexo, ele vai embora, e eu sou paga. É isso", resumiu.

Uol
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Twitter Ceará em Rede

Destaque

Suspeito de traficar anabolizantes é preso em Vitória

Fonte: G1 Um homem de 39 anos foi preso nesta terça-feira (8), em Vitória, suspeito de traficar anabolizantes e falsificar receitas médi...

Arquivo do blog