Capitão da Polícia Militar denuncia perseguição política em Jaguaruana!

Mesmo antes do dia de votação, policiais militares denunciam perseguição por atuarem no combate aos crimes eleitorais no Ceará. Em vídeo divulgado neste sábado (25), o capitão Mauro, do destacamento de Jaguaruana, declarou ter sido coagido logo após ter atendido um caso suspeito, denunciado pela população.

De acordo com o policial, durante a averiguação, uma pessoa, identificado como Quirino, chegou à delegacia levando uma lista com nomes de indivíduos para os quais ele deveria fazer “vista grossa” durante o pleito realizado neste domingo (26). Capitão Mauro se recusou a atender a orientação e, por conta disso, foi acionado pelo seu superior, coronel Soares, comandante do policiamento na Região, que chegou a ameaçá-lo de prisão caso ele não se negasse a atender as denúncias encaminhadas.

Indignado, o policial militar, que tem vinte anos de carreira e acabou sendo removido de seu destacamento, questiona a atuação da Justiça no caso.

Veja o vídeo:


Fonte: cearanews7
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Estudante de fisioterapia grávida é morta e tem o corpo carbonizado pelo namorado em Chorozinho

Fonte: Diário do Nordeste A estudante de fisioterapia Maria Efigênia Soares, 28 anos, que estava grávida, foi morta e teve o corpo queimado...

Arquivo do blog