"Me deu três socos na garganta", diz Giovani sobre Gian

O fim da dupla Gian e Giovani não foi de forma amigável como parecia ter sido. Giovani decidiu revelar no perfil do Instagram o verdadeiro motivo de romper a parceria com o irmão após 26 anos de carreira. Segundo ele, uma briga que teria acontecido em julho foi a gota d'água e, por isso, ele achou melhor cada um seguir seu caminho.

"O fim da dupla se deu porque Gian, em julho, entrou no ônibus louco, me empurrou e deu três socos na minha garganta, me jogou no chão, me deu chute nas partes baixas e muito soco na barriga. A banda toda via. Todos ficaram revoltados. Eu cansei. Quero viver em paz e feliz. Vai ser melhor assim. Ele me agrediu porque não queria me pagar um dinheiro que precisava me pagar. Eu até perdoaria a dívida. Era só ele ter conversado comigo que não tinha condições de pagar, que estaria tudo bem. Fui muito bom para ele toda a minha vida. Ele não está doente, não. Ele está muito bem. Essa decisão, tomei em julho", contou ele na rede social.

Gian, no entanto, alega que a briga ocorreu por conta de um desgaste da dupla, mas nega ter agredido o próprio irmão. "Uma relação de irmãos e sócios sempre tem divergências. E já fazia muito tempo que estávamos tendo divergências. Ele sempre ficava de cara amarrada e dizia que iria terminar a dupla, depois mudava de ideia. Numa dessas vezes, a gente estava para sair de viagem e normalmente o ônibus passava para me pegar, depois pegava ele. E, nesse dia, ele disse para o motorista: ‘não é para pegar meu irmão’. Não entendi muito bem e acabei pegando um táxi. Quando eu cheguei, tentei subir no ônibus para deitar na cama e seguir viagem. Nesse momento, ele ficou na minha frente, impedindo a minha entrada. Na segunda vez que eu tentei entrar, eu esbarrei nele para passar, e ele virou com o cotovelo para trás, como se fosse me dar um 'safanão'. Foi uma reação imediata, uma ação e reação. Aí eu dei um nele também. Eu fiquei segurando ele, aí veio o segurança e nos separou. ‘Ele teve uma reação agressiva e eu respondi com outra agressiva também", disse ele à coluna Retratos da Vida, do jornal 'Extra'.

Fonte: iBahia
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog