Na Colômbia Avião que transportava atletas da Chapecoense sofre acidente



O avião que transportava o elenco da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, contra o Atlético Nacional-COL, foi obrigado a fazer um pouso de emergência na madrugada desta terça-feira, após ter uma pane elétrica.

"O Comitê de Operações de Emergência e a gerência do Aeroporto José Maria Córdova informa que às 22h uma aeronave [...] se declarou em estado de emergência, entre os municípios de La Ceija e La Unión. A aeronave reportou pane elétrica, segundo informado à torre de controle de Aeronáutica Civil", reportou o aerporto José Maria Córdova, em comunicado oficial.

O aeroporto também informou que, de acordo com as autoridades, seis sobreviventes foram resgatados até agora e levados para hospitais da região. O primeiro jogador a ser levado a um hospital foi o lateral Alan Ruschel.
                                    


Além disso, o corpo de bombeiros informou que "graças a Deus há muitos sobreviventes". A Conmebol anunciou a suspensão de todas as suas atividades, como a realização do primeiro jogo da decisão do torneio sul-americano.

A aeronave RJ85, matrícula TT2933, da empresa aérea Lamia, fez um pouso forçado perto da cidade de La Ceja, após perder contato com a torre de controle. O avião caiu em um local de difícil acesso.

Ao todo, havia 81 pessoas no avião (72 passageiros e nove tripulantes), segundo informou a agência de Aeronáutica Civil colombiana.


No momento, o Corpo de Bombeiros da Colômbia realiza o resgate dos passageiros, mas ainda não há informações oficiais sobre feridos e possíveis mortos.

A chuva atrapalha a chegada das equipes de resgate, que não conseguem acessar o local de helicóptero.

"Há possibilidade de resgatar pessoas com vida, porque não registramos a explosão da aeronave", disse o Coronel Bonilla, da Aeronáutica colombiana.

A prefeitura de La Ceja pediu em suas redes sociais para que habitantes não vão ao local do acidente, informando também que os hospitais da cidade estão em "alerta máximo".

Em sua conta no Twitter, o Atlético Nacional postou mensagem de apoio.

"O Atlético Nacional lamenta profundamente e se solidariza com a Chapeconese pelo acidente ocorrido e espera informações das autoridades", escreveu o atual campeão da Libertadores.

Fonte: ESPN
Share:

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Estagiária é presa suspeita de vazar informações sigilosas da Justiça do Ceará para traficantes

Fonte: G1/ Ce Uma estudante de direito, de 22 anos, é suspeita de repassar informações da polícia e da Justiça para uma quadrilha envolv...

Arquivo do blog