Waldir Maranhão ameaça voltar ao comando da Câmara




O confuso deputado Waldir Maranhão volta à cena (PP-MA) em Brasília. Isso porque existe a possibilidade de, no último momento, uma liminar proibir a candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara. 
Se isso acontecer, Maranhão, que é o 1º vice presidente da Casa, deverá conduzir a sessão da eleição. Maia, o atual presidente, estará impedido, já que é um dos candidatos.
Na hipótese de ser responsável por conduzir o pleito, Maranhão terá de interpretar do regimento interno da Câmara. Ou seja, confusão à vista.
Para quem não lembra, ele revogou a sessão em que a Câmara admitiu o impeachment de Dilma Rousseff. Horas depois, revogou sua própria decisão.
Fonte: Veja Online

Postar um comentário

0 Comentários