Zé Wilson chama Câmara de Casa da Mãe Chica e vereadores de “magote de fila da pu..”


Flanky Chaves, Zé Wilson e Júnior Chaves

José Wilson Chaves é um homem surpreendente. Ele é, ao mesmo tempo, prefeito de Pacajus e presidente da Câmara. Senão de direito, pelo menos de fato. Enquanto o filho Flanky Chaves está à frente do executivo, Júnior Chaves comanda o legislativo. Mas o que se vê no dia a dia da cidade – e pode ser escutado logo abaixo – é que os dois são apenas marionetes. Quem dá as cartas é o pai.

No primeiro áudio que o Ceará News 7 teve acesso, Zé Wilson diz que a administração da cidade está desalinhada porque Júnior não se impõe na Câmara, e que isso precisa mudar. “É Casa de Mãe Chica. Um magote de filho da pu.. querendo mandar aqui”.

Ouça o conversa



No segundo áudio, o pai de Flanky está na Prefeitura, dando ordens a um interlocutor. “Não invente conversa. Eu quero que você faça o que eu pedi a você. Não mude de caminho. O que foi o que eu pedi? Se você fizer a metade da metade do que eu lhe pedi, em 10 dias, nós ajeita o Pacajus”.

Na mesma sala, Flanky briga por telefone com uma pessoa chama Zé – não é o Wilson –, dizendo que quem manda na cidade é ele. “Zé, o prefeito sou eu. O prefeito não é ninguém, não. O prefeito sou eu”. Ao fundo, ouve-se a voz do pai mandando o filho dizer que é a última vez que vai alertar sobre uma decisão cotidiana da Prefeitura. Mas que ninguém leva a sério quando dita por Flanky.

Clique no arquivo para escutar



Fonte:cearanews7
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Estagiária é presa suspeita de vazar informações sigilosas da Justiça do Ceará para traficantes

Fonte: G1/ Ce Uma estudante de direito, de 22 anos, é suspeita de repassar informações da polícia e da Justiça para uma quadrilha envolv...