Assistentes Sociais não querem mais cumprir escala de serviço no residencial Novo Caiçara


Na última quarta-feira 22, por volta das 10h da manhã, a assistente Izone dos Santos da Mata visitava alguma famílias quando foi surpreendida por três indivíduos que deferiram contra ela murros e pontapés sem nenhum tipo de motivação. A profissional foi atendida numa Unidade Mista de Saúde das proximidades, profundamente abalada emocionalmente. Outros profissionais reclamam que a coordenadora Nara Luíza Mota tem ordenado que as assistentes façam visitas também no horário noturno, quando a insegurança é ainda pior. A coordenadora orientou Izone que não registrasse a ocorrência na Polícia.

Via Wellington Macedo

Postar um comentário

0 Comentários