Competências socioemocionais serão incluídas no currículo das escolas de Sobral


Planejando os próximos passos da inclusão das competências socioemocionais no currículo da rede pública municipal de ensino de Sobral, o secretário da Educação, Herbert Lima, e coordenadoras da Secretaria participaram da primeira reunião de governança, realizada na terça-feira (7/11), com especialistas do Instituto Ayrton Senna, parceiro do município na implementação das competências para o século 21.

Já foram realizadas algumas ações, como o workshop de apresentação da metodologia “Diálogos Socioemocionais”, que contou com a participação de profissionais da Secretaria da Educação e da Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege), no início de outubro; e a aplicação de um questionário com 1.236 estudantes das escolas Gerardo Rodrigues (355 alunos), Maria José Santos Ferreira Gomes (313 alunos), Trajano de Medeiros (281 alunos) e no Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dorilene Arruda Aragão (287 alunos).

Ainda serão realizados, uma reunião de trabalho com gestores da Secretaria e do Instituto Ayrton Senna, no dia 23 de novembro; treinamentos com os formadores da Esfapege, que irão repassar os conteúdos das competências socioemocionais para os professores da Rede Municipal de Ensino, a partir de 2018; e a formação de sensibilização com diretores, coordenadores e orientadores escolares, terá início em janeiro de 2018.

Competências Socioemocionais

Para além das habilidades clássicas, como saber ler, escrever, resolver cálculos, a escola irá trabalhar para o desenvolvimento de competências socioemocionais nos estudantes, preparando-o para se relacionar consigo mesmo, com os outros, com objetivos de vida, enfocando aspectos complexos como responsabilidade, pensamento crítico, colaboração, abertura para o novo e capacidade de resolver problemas e de gerir emoções.

Participaram da reunião, o secretário da Educação, Herbert Lima, a coordenadora de Desenvolvimento da Aprendizagem e da Gestão Pedagógica (Codepe), Jamille Fonteles, a coordenadora de Ensino Fundamental, Edna Lima; a diretora da EDULAB21, do Instituto Ayrton Senna, Tatiana Figueiras; a gerente de projetos do EDULAB21, Laura Piso e a gerente executiva de Educação do Instituto Ayrton Senna, Inês Kisil.

Fonte: Blog de Sobral

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog