ABSURDO! Mesmo presos por corrupção, vereadores de Itarema continuam recebendo salários

A lei determina que os parlamentares recebam remuneração integral até o fim do julgamento, e caso sejam condenados terão de devolver o dinheiro.

Vereadores de Itarema estão presos, desde junho, investigados em operação fantasma, e mesmo assim continuam recebendo os salários e benefícios de seus mandatos.

De acordo com o Ministério Público Estadual, a lei determina que os parlamentares recebam remuneração integral até o fim do julgamento, e caso sejam condenados terão de devolver o dinheiro recebido durante o período que estavam presos.

“Na minha opinião é um absurdo, porque isso não é o correto. Enquanto tem milhares de famílias passando necessidades, os vereadores estão presos e continuam recebendo o salário”, critica a moradora Maria Leonice, em entrevista à Rádio Jangadeiro FM.

O ex-vereador José Vilmar, que cumpriu mandato de 2004 a 2008, comentou que a Câmara Municipal poderia ter resolvido a situação expulsando os envolvidos, após deslizes gravíssimos. Dentre os 13 detidos, uma vereadora que pediu prisão domiciliar alegando precisar cuidar de um filho especial confirmou que todos estão
recebendo salários normalmente.

A Câmara de Itarema está de recesso e só retomará as atividades no dia 2 de fevereiro.

Via Tribuna do Ceará
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Estagiária é presa suspeita de vazar informações sigilosas da Justiça do Ceará para traficantes

Fonte: G1/ Ce Uma estudante de direito, de 22 anos, é suspeita de repassar informações da polícia e da Justiça para uma quadrilha envolv...

Arquivo do blog