Como os senadores votaram reajuste de salário de ministros do STF

A proposta foi aprovada, nesta quarta-feira Segue para aprovação ou rejeição do presidente da República, Michel Temer (MDB), a propost...

A proposta foi aprovada, nesta quarta-feira


Segue para aprovação ou rejeição do presidente da República, Michel Temer (MDB), a proposta aprovada, nesta quarta-feira (7), pelo Senado, que reajusta em 16,38% o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Com a mudança, a remuneração dos magistrados da Corte salta de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil. 

A matéria foi aprovada por 41 votos a favor e 16 contra. Um senador se absteve da votação e outros 23 não compareceram à sessão. O presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB), só vota em caso de empate, o que não ocorreu nesta quarta. No entanto, o cearense defendeu a proposta.

> A pauta é livre, quem faz é o presidente do Congresso", diz Eunício sobre reajuste do Judiciário

Veja como votaram os senadores, inclusive os cearenses, sobre o reajuste para os ministros do STF:

A FAVOR DO AUMENTO

Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalirio Beber (PSDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Hélio José (PROS-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Amauri (Pode-PI)
José Medeiros (Pode-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Rocha (PT-PA)
Raimundo Lira (PSD-PB)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Roberto Rocha (PSDB-MA)
Romero Jucá (MDB-RR)
Rose de Freitas (Pode-ES)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Telmário Mota (PTB-RR)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Walter Pinheiro (sem partido-BA)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Zezé Perrela (MDB-MG)

CONTRA O AUMENTO:

Airton Sandoval (MDB-SP)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Givago Tenório (PP-AL)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Sousa (PT-PI)
Reguffe (sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Wilder Morais (DEM-GO)

ABSTENÇÃO:

José Maranhão (MDB-PB)


Fonte: Diário do Nordeste

Related

politica 1149996113196728928

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

emo-but-icon

Siga-nos

últimas

Comentários

TEMPO

Acorda Brasil

Uma Nação consciente ,
É o maior medo de um Governo mal intencionado.

Connect Us

item