Assassino do radialista Gleydson Carvalho é condenado a 27 anos de prisão

Assassino do radialista Gleydson Carvalho é condenado a 27 anos de prisão



Durou mais de 10 horas o julgamento dos primeiros acusados de participação no assassinato do radialista Gleydson Carvalho, ocorrido em agosto de 2015. O tribunal do Juri foi instalado no plenário da Câmara de Vereadores de Camocim por impossibilidade na estrutura do Fórum Alcimor Aguiar.


Quatro anos após o crime Tiago Lemos de Sousa, Regina Rocha Lopes e Gisele do Nascimento foram julgados e condenados pelos crimes de assassinato duplamente qualificado e organização criminosa. Ao todo, 9 pessoas são acusadas na autoria e participação no crime que teve repercussão internacional.


O juiz da Vara de execuções penais, Mikail de Andrade Torres condenou Gisele e Regina a 23 anos e 4 meses de prisão em regime fechado pelo crime de organização criminosa armada. Já Tiago, acusado de ser um dos pistoleiros que participou do crime, obteve a pena de 27 anos e seis meses de prisão pelo crime de homicídio duplamente qualificado combinado com organização criminosa. Ele encontra-se atualmente foragido da justiça.


A sessão foi marcada por acirramento de debates entre acusação e defesa. Os três advogados de defesa dos réus tentaram o tempo todo, sem sucesso, desqualificar a tese do Ministério Público com o fim de inocentar Gisele e Regina do crime de organização criminosa.


A defesa dos três criminosos recorreram da sentença da decisão a instancia de apelação em Fortaleza.


Os demais envolvidos no crime serão julgados separadamente conforme determinar o curso do andamento do processo.




(Camocim Portal de Notícias)
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Twitter Ceará em Rede

Destaque

Suspeito de traficar anabolizantes é preso em Vitória

Fonte: G1 Um homem de 39 anos foi preso nesta terça-feira (8), em Vitória, suspeito de traficar anabolizantes e falsificar receitas médi...

Arquivo do blog