CRIANÇA DE 5 ANOS MORRE NO CORREDOR DO HOSPITAL DEPOIS DE 16 HORAS DE ESPERA

CRIANÇA DE 5 ANOS MORRE NO CORREDOR DO HOSPITAL DEPOIS DE 16 HORAS DE ESPERA



Diogo Soares Carlo Carmo, de 5 anos, um menino de 5 anos, com síndrome de Down, morreu em um corredor de hospital, depois de aguardar por mais de 15 horas por um atendimento.


O caso ocorreu no Hospital Materno Infantil em Campinas (SP). O local estava superlotado e muitas das crianças, assim como Diogo, aguardavam por atendimentos, em cadeiras no corredor do hospital.

Segundo a nota da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no dia 25/3 o menino foi atendido “com queixas de alergia e febre. O exame de sangue estava normal. Ele recebeu atendimento e foi medicado de acordo com o quadro clínico que se apresentou no momento”.

Como Diogo não melhorou, a mãe retornou com ele ao hospital no dia 28, quando ele foi colocado em uma cadeira de rodas, pois a unidade seguia superlotada.

Em nota ao G1, Secretaria de Estado da Saúde informou que “a criança foi atendida e permaneceu nas cadeiras com a mãe, recebendo o tratamento prescrito e aguardando vaga em leito”.

Depois de horas de espera, sem retorno, a situação de Diogo foi se agravando

“O quadro da criança evoluiu com muita gravidade não respondendo às manobras de ressuscitação na sala de reanimação, e às 13:55 foi constatado óbito”.

Depois de 15 horas, a criança morreu, sem ter uma resposta. Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra o desespero da mãe:


Fonte: G1


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Agentes penitenciários liberam preso por engano em presídio no Ceará

Fonte: G1/ Ce Agentes penitenciários da Casa de Privação Provisória III, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), libe...

Arquivo do blog