Fugitivo de presídio de segurança máxima da Paraíba é preso em apartamento da orla de Fortaleza

Fonte: G1/ Ce

A Polícia Civil do Ceará prendeu em Fortaleza um dos fugitivos de uma fuga em massa de mais de 100 presos da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, em João Pessoa, ocorrida em setembro de 2018. Ele foi detido no último dia 18 de outubro, em um kitnet localizado no Bairro Praia de Iracema.

Na época, homens fortemente armados explodiram o portão principal da penitenciária após trocarem tiros com policiais militares e agentes prisionais. Um Policial Militar foi morto. No momento do ataque, policiais militares faziam a segurança da unidade instalados em quatro guaritas existentes no muro do presídio. Além disso, 18 agentes prisionais estavam de serviço.

Prisão em apartamento na orla

Segundo a polícia, Gerliano Faustino Mascena Mendonça, conhecido como Massa Bruta ou Catatau, é um dos homens mais procurados no Estado da Paraíba.

De acordo com delegado adjunto da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Alceu Viana, a polícia da Paraíba passou informações importantes que resultou na prisão do homem na capital cearense. Segundo a polícia, Gerliano Faustino permaneceu cerca de um mês na Paraíba. Em seguida viajou para o Ceará.

Em Fortaleza, de acordo com a polícia, ele se instalou no Bairro Conjunto Ceará e depois se mudou para a Praia de Iracema. Na capital, o fugitivo pagou R$ 10 mil para conseguir emitir documentos falsos. Na ocasião ele emitiu uma identidade e um CPF.


Com os documentos falsos ele conseguiu abrir conta em um banco e movimentar dinheiro. Ainda segundo a polícia, Gerliano Faustino, se mantinha com dinheiro oriundo da venda de alguns imóveis. Um aparelho celular foi apreendido e será analisado pela Polícia Civil.


Fonte: G1/Ce
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Mãe morre ao tentar defender filho de homicídio no Ceará

Fonte: G1 Uma mulher de 57 anos foi morta a tiros, ao tentar salvar o filho de 18 anos da ação de criminosos, na tarde desta quarta-feira (...

Arquivo do blog