Namorado matou professor universitário em Fortaleza e forjou suicídio, diz polícia

Fonte: G1/ Ce

O namorado do professor universitário José Eurânio de Aguiar, um estudante de fisioterapia de 21 anos, foi preso no Bairro Messejana, em Fortaleza, suspeito de matá-lo com um golpe mata-leão. O suspeito confessou o crime, de acordo com a Secretaria da Segurança do Ceará. Conforme a investigação, o aluno enrolou um lençol no pescoço da vítima para que parecesse um suicídio.

O crime ocorreu na noite de sábado (8), em um apartamento do professor na Rua Irmã Bazet, no Bairro Montese, em Fortaleza, após uma discussão entre a vítima e o namorado, segundo depoimento do suspeito. Os vizinhos sentiram mau cheiro vindo do apartamento da vítima e acionaram a polícia, que encontrou o corpo com um lençol amarrado no pescoço nesta terça.

As câmeras de segurança do prédio mostram o momento em que a vítima entra, juntamente com o suspeito, no local. Cerca de 30 minutos depois, Victor Hugo aparece saindo sozinho do prédio com uma mochila nas costas. Esta foi a última vez que o professor foi visto no prédio.

De acordo com o delegado João Carlos, da 5ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), José Eurânio mantinha um relacionamento amoroso com o suspeito, identificado como Victor Hugo Mota Gondim. Eles haviam se conhecido em uma sauna no Centro de Fortaleza. Conforme o delegado, o suspeito discutiu com a vítima por ciúmes, deu o golpe no professor.

O professor, ainda conforme a polícia, já havia relatado para amigos que havia sofrido agressões do namorado e que já havia tentado terminar o relacionamento, mas que acabou perdoando as agressões. Victor Hugo chegou a usar o celular da vítima para incriminar outra pessoa. Ele enviou mensagens para uma amiga do professor se passando por ele.

Depoimento

Menos de 7h após o crime, a polícia conseguiu localizar Victor Hugo no Bairro Messejana. Durante interrogatório, o suspeito entrou em contradição e acabou confessando o crime. No depoimento, o suspeito também alegou que cometeu o crime porque a vítima alegou que tinha uma arma de fogo.

Victor Hugo foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.


Fonte: G1/ Ce
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog