Incêndio destrói casarão histórico de Fortaleza; bombeiros tentam impedir que chamas atinjam Catedral e mercado central



Fonte: G1

O Casarão dos Fabricantes, que começou a pegar fogo na noite deste sábado (5) ,na Avenida Alberto Nepomuceno com a Rua Rufino de Alencar, no Centro de Fortaleza, corre risco de desabar. As informações são do Corpo de Bombeiros do Ceará, que trabalha no local para conter as chamas. Os bombeiros tentam impedir que as chamas atinjam a Catedral de Fortaleza e o Mercado Central, prédios vizinhos ao casarão em chamas.

De acordo com o coronel Cleiton Bezerra, comandante geral adjunto do Corpo de Bombeiros, uma parte do prédio apresenta "rachadura significante" e o piso do Casarão, que era todo de madeira, já ficou completamente destruído e com um abismo para o subsolo no interior do edifício. Por conta do risco, nenhum bombeiro pode entrar no local.

"Se a gente observar, lá no canto já tem uma rachadura bastante significante, ele (o prédio) tem subsolo, então o piso que era de madeira já foi embora todo. Se você chegar na proximidade dele tá um grande abismo, o motivo maior pelo qual o bombeiro não pode entrar", explica o comandante geral da operação.

Conforme o Coronel Cleiton Bezerra, os bombeiros trabalham para evitar que o fogo chegue ao Mercado Central, que fica vizinho, e a uma central de gás. "A gente concentrou as primeiras equipes que chegaram no local a evitar que essas chamas passassem para o Mercado Central [...]. O nosso objetivo maior aqui é conter as chamas, restringir as chamas nesse ambiente do Casarão dos Fabricantes e enfrentar, se for o caso, uma madrugada toda no combate, até que a gente consiga debelar esse incêndio", pontua.

Casarão sofreu perda total

Por conta da intensidade do fogo, o Casarão dos Fabricantes acabou sendo tomado pelas chamas e sofrendo perda total. "Infelizmente o prédio sinistrado já tá totalmente tomado pelas chamas, é perca total", conta o comandante.

O Casarão dos Fabricantes é uma das edificações mais antigas de Fortaleza. O prédio foi levantado na primeira metade do século XIX e era conhecido como Palacete da Avenida Central. Ele está em processo de tombamento provisório, segundo o anuário do Ceará.

O incêndio

O estabelecimento, que atualmente funcionava como um complexo com quiosques de vendas de roupas e acessórios, começou a pegar fogo por volta das 20h, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar as chamas.

Aproximadamente 55 bombeiros trabalham no local, cinco carros de combate ao incêndio auxiliam nos trabalhos, além de carros de apoio. Uma empresa de água também está enviando tanques de água para o local.

Incêndio em Santa Quitéria

No último domingo (30), um incêndio de grandes proporções atingiu uma área de vegetação no município de Santa Quitéria, na região do Sertão Central e Inhamuns, no Ceará. O incêndio foi confirmado pelo comandante do 3º Batalhão de Bombeiro Militar (3º BBM), tenente-coronel Antônio de Sousa Júnior.

Próximo ao local haviam residências e uma granja. Devido à falta de iluminação, a previsão era que o fogo fosse controlado apenas na manhã da segunda-feira (31).


Fonte: G1




Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog