Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    Professores da UVA decretam greve!

    SindUva aderiu à greve geral da Uece e Urca. Na tarde desta quinta-feira, 25, docentes das três universidades participam de ato público pelas ruas do bairro Benfica

    Os professores da Universidade Estadual Vale do Acaraú (Uva) decidiram, em assembléia na noite da última quarta-feira, 24, aderir à greve das universidades estaduais. Paralisação começa na próxima terça-feira, 30, conforme informações do Sindicato dos Docentes da Uva (SindUva).

    A principal reivindicação dos professores da UVA é, assim como os da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e Universidade Regional do Cariri (Urca), a realização de concurso público. Um grupo de docentes está reunido para acertar o cronograma das próximas assembleias e ato públicos.

    Segundo a presidente do SindUva, Sílvia Helena, 103 professores participaram da assembléia e, dos 98 que votaram, 89 optaram pelo retorno à greve. Oito votaram contra e um se absteve. “Dessa vez fizemos reuniões setoriais em cada campus explicando as dificuldades dos cursos e as promessas que não foram cumpridas pelo governador Cid Gomes, explica.

    Helena disse que neste semestre 69 disciplinas estão sem professores, número que deve crescer após o fim do contrato de professores substitutos, que encerra em outubro. “O candidato do governador diz que vai levar uma universidade ao Norte, mas e as estaduais? O governo realmente esmaga as estaduais”, completa.

    Nesta quinta-feira, 25, os docentes da Uece, Urca e Uva participam de uma passeata pelas ruas Fortaleza. A concentração do ato público, conforme o presidente do SindUrca, Francisco Augusto Nobre, será às 16 horas, no Centro de Humanidade da Uece, na avenida Luciano Carneiro.

    De lá o grupo segue em passeata até o Benfica para sensibilizar a sociedade sobre as reivindicações da categoria.

    Fonte: O Povo
    Foto: Robens Dias

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad