Justiça proíbe "Estilo Ciro Gomes" em atos políticos contra Eunício

O juiz Antônio Sales de Oliveira acatou liminar da coligação “Ceará de Todos”, que proíbe o governador Cid Gomes, o secretário Ciro Gomes e os candidatos da chapa majoritária “Para o Ceará Seguir Mudando”, Camilo Santana e Izolda Cela, a citarem de forma ofensiva o nome de Eunício Oliveira, candidato do PMDB ao governo do Ceará, em eventos de cunho eleitoral.

Em sua decisão, o juiz diz que “ao vociferar comentários caluniosos, difamatórios e injuriosos, perfaz por transcender a qualquer anseio de liberdade de expressão e crítica no ambiente político”. A multa da desobediência é de R$ 25 mil, por ato realizado.

Fonte: O Povo

Postar um comentário

0 Comentários