Capitão Wagner acusa Cid de práticas ilegais, para tumultuar eleição

O vereador de Fortaleza Capitão Wagner (PR), que disputa o cargo de deputado estadual no atual processo eleitoral, denunciou nesta quinta-feira (2), que o Governo do Estado vem fazendo nos últimos dias remanejamento na escala dos policiais militares, para impedir que os mesmos possam votar no próximo domingo (5), dia da eleição.

Detalhe1. Capitão Wagner, opositor político do clã Ferreira Gomes, é considerado a maior liderança entre a categoria dos policiais militares, daí a perseguição.

Detalhe2. Em 2012, Capitão Wagner obteve 43.655 votos na disputa à Câmara Municipal de Fortaleza, tornando-se o vereador mais votado na história da capital cearense.

Detalhe3. Todo cidadão tem o legitimo e soberano direito de votar de forma livre e consciente, logo, é inadmissível qualquer forma de manobra para impedir que o eleitor possa comparecer à urna, principalmente envolvendo o poder público.


Escute o áudio aqui

Fonte: falaceara.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Massapê: Mais uma loja de eletrodomésticos é assaltada no centro da cidade

Câmeras de segurança mostra momento da ação dos bandidos A uma semana de sua inauguração a loja Zenir Móveis, foi o alvo dos bandidos. Dois...

Arquivo do blog