Família de assaltante promete processar vítima por ter reagido ao assalto




O promotor de Justiça do Ministério Público de Campo Maior, Maurício Gomes, reagiu a uma tentativa de assalto quando chegava em um colégio, acompanhado da filha e da mãe para uma festa de confraternização.


Durante o ocorrido, o promotor baleou um dos assaltantes nas costas e o mesmo foi transferido por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para o Hospital de Urgência de Teresina. O outro meliante fugiu e a polícia civil foi acionada. “Estamos em busca do outro bandido. Queremos dar a resposta o mais rápido possível”, afirmou o coronel Raimundo Rodrigues, do 1º Batalhão da Polícia Militar.


O assaltante baleado que foi identificado como Robson Diego (que inclusive tem uma tatuagem de matador de polícia nas costas), foi transferido para a Casa de Custódia. Por conta dos ferimentos, o meliante não consegue realizar o movimento das pernas. “Eu não sabia que ele era promotor, se eu soubesse não tinha nem roubado ele e nem encostado”, afirmou Robson ao sair da Central de Flagrantes em uma cadeira de rodinhas, com seus familiares.


Segundo informações, a família do bandido, já avisou que vai entrar com um processo contra o promotor, alegando que ele não agiu em legítima defesa, somente porque que os tiros foram nas costas. Sendo que o promotor apenas esperou o melhor momento para se defender e não colocar em risco a vida de sua filha e mãe.

Fonte: Notícias Marcantes
Share:

Vídeo - Jair Covalick concede entrevista: "Não baixarei guarda! Estarei voltando com força total"

Foto/Print. Youtube




Em entrevista concedida ao Repórter Ivo Aragão, Jair Covalick da detalhes dos momentos de pânico
no último Domingo (27).

Já em sua residência recuperando-se dos ferimentos, Jair aproveita e agradece aos seus ouvintes
e companheiros da imprensa que se solidarizaram. E promete não baixar a guarda e que isso só lhe motivou ainda mais a fazer o que mais gosta, prometendo voltar ainda mais inspirado e com força total.

Assista a entrevista concedida ao Ivo Aragão na integra:

Vídeo: Ivo Aragão




Share:

Jair Covalick fala sobre atentado ocorrido no Domingo de Páscoa


O radialista Jair Kovalick da rádio Pioneira de Forquilha fala para o site Plantão alerta sobre seu atentado no dia domingo 27 / 03, quando um indivíduo chegou e efetuou vários disparos contra o ele que foi atingido com três tiros.

Segundo o apresentador, na noite de sábado saiu com um amigo para um evento na localidade do Campo Novo em Forquilha, a subido de um Juda. No evento passou a noite toda com amigos. Já pela manhã quando retornava para Forquilha, foram pegar seu carro que o mesmo tinha deixado próximo ao acontecido já que ele tinha ido no carro do amigo. Ao chegar ao local, próximo ao um bar onde tinha várias pessoas bebendo no exato momento que ele vai abrindo o seu carro foi surpreendido com a chegada do indivíduo que estava em uma moto CG de cor preta com outro e foi logo falando para o radialista as seguintes palavras: “É CONTIGO, É CONTIGO”, ‘’ e foi logo sacando a arma, um revolver calibre 38, o amigo de Kovalique foi para cima do indivíduo, momento esse, que o Kovalick tenta sair da visão do indivíduo. Mas infelizmente não deu e ele foi atingido com o primeiro disparo nas costas. O indivíduo continuou a fazer os disparos procurando sempre a cabeça do radialista que ficou rolando de todos os lados no chão para dificultar a mira do bandido. Já com três tiros, o radialista estava coberto de sangue e quase sem forças, o indivíduo achando que tinha atingido o mesmo em parti fatal saiu em fuga. O próprio radialista pediu para leva-la ao pronto atendimento de Forquilha antes de vi para sobral, e assim foi feito. Lá ele foi atendido rápido e transferido o mesmo para Santa Casa de Sobral onde também foi atendido rápido, e lá ele acabou ficando desacordado. Ao retornar com sua consciência foi informado pelo médico que teve muita sorte, pois nem um dos tiros tinha atingido nem um órgão. Um dos tiros foi nas costas que por pouco não atinge a coluna, o outro foi no antebraço e o terceiro no ombro esquerdo onde a bala ficou alojada.
Kovalick disse que já está pronto para voltar, só não vai apresentar já hoje porque o médico pediu para ele descansar uns quatro dias.


Kovalique deixa um recado e diz: não vou baixar a guardar e que o indivíduo que atirou contra ele, já tem várias passagens, é acusado de tráfico no município de Forquilha, já foi preso várias vezes. Um recado para ele se estiver ouvindo o programa, são sete vidas e eu já estou de volta, justamente para divulgar o trabalho, e se ele não gosta de me ouvir narrar os fatos como ele acontece, vai ficar pior ainda, pois eu vou voltar mais forte ainda, eu não vou baixar a guarda nem pra ele e nem pra vagabundo algum, e tem mais, não tem nem uma ligação com política, até porque esse cagão que atirou em mim é um desqualificado e não tem nem uma ligação com a sociedade, sei que tudo pode acontecer, mas nesse caso descarto qualquer ligação com políticos, o problema realmente é que é um bandido que já foi citado várias vezes por mim e não gostou, mas não vou baixar a guarda, disse Kovalick.
O radialista já está em casa. Essa já é a segunda tentativa contra ele. Kovalick terminou agradecendo a equipe que lhe atendeu no primeiro momento em Forquilha e a equipe que o atendeu em Sobral na Santa Casa.

Share:

Procurá no Ceará em rede

Facebook

Facebook
Siga-nos no Facebook

BTemplates.com

Seguir por Email

Sobre

Sobre
A única certeza que temos, é que nada somos mediante o cosmos

Internet Fibra Óptica

Internet Fibra Óptica
GPnet - Internet de Alta performance

Siga por Email

Twitter Ceará em Rede

Parceiro

Notícias de Sobral

Destaque

Polícia prende suspeitos de matar torcedor do Ceará a pauladas, e explosivos são apreendidos na sede da TUF, em Fortaleza

Fonte: G1/ Ce Uma operação da Polícia Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira (6), dois suspeitos de participarem da morte do torcedor...