Eleição de Coreaú poderá ter resultado mudado: depende do Ministério Público e TSE


O Prefeito eleito de Coreaú, Carlos Roner, teve suas contas de 2010 desaprovadas pelo TCM, por unanimidade, desde maio 2016. As contas foram encaminhadas à Câmara em outubro e o Presidente da Casa, Manoel Gonçalo, descumprindo liminar judicial, que determinou que fossem votadas em 30 dias, e empurrou a votação para março de 2017.

E o descaso não para por aí, Carlos Roner responde a 12 Ações Civis por Improbidade Administrativa, todas ajuizadas em 2013, e nenhuma foi julgada até hoje e, o mais grave, uma destas 12 Ações dorme nas gavetas da Promotoria Pública de Coreaú, esperando parecer Ministerial, desde o dia 24 de maio de 2016 beneficiando, assim, quem reiteradas vezes desviou recursos públicos do município de Coreaú e até agora não sofreu nenhuma sanção. 

Roner também é acusado de ter desviado do FUNDEB quase 3 milhões de reais nos últimos três meses de sua gestão em 2012.

Share:

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Sobral ganha Sistema de Comunicação Paraíso

Sistema de Comunicação Paraíso A rádio: A Paraíso Fm, é uma emissora de rádio situada na cidade de Sobral, atualmente estacionada no prefix...

Arquivo do blog