Sérgio Aguiar queria renovação e dar um fim em uma dinastia que domina a AL


Sérgio Aguiar (PDT), que disputou e perdeu, nesta quinta-feira, a eleição para presidente da Assembleia Legislativa, anunciou: vai manter, a partir de agora, uma postura de “independência”.
Ou seja, apoiar o que for interesse da população e rejeitar aquilo que avaliar não atender às expectativas do povo.
Ele  afirmou que colocou seu nome para a disputa, da qual saiu derrotado por 27 a 18 votos diante do atual presidente e companheiro de PDT, Zezinho Albuquerque, que apostava em renovação na Casa.
Lamentou que a vitória de Zezinho garanta a manutenção de uma verdadeira “dinastia” à frente do Poder. Zezinho cumprirá um terceiro mandato consecutivo como presidente do legislativo estadual. Ele foi apoiado pelo governador Camilo Santana e ganhou primeiro mandato na Era Cid Gomes.
Sérgio Aguiar também disse que vai avaliar ainda sua situação partidária.

Share:

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog