Passagens intermunicipais vão ficar mais caras a partir desta quinta


As passagens das linhas de ônibus intermunicipais do Ceará serão reajustadas em 6,2%, a partir de 0h desta quinta-feira(01). Já os transportes complementares, vans, o reajuste será de 5,9%.  As novas tarifas não valem para os municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Estes foram os percentuais devidamente homologados pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (ARCE). A ultima atualização das tarifas ocorreu em setembro de 2017.
Os contratos feitos entre as transportadoras e o Governo do Estado preveem a correção anual das tarifas, seja através da modalidade de reajuste (que considera os índices inflacionários) ou de revisão (que afere todos os insumos e parâmetros técnicos que repercutem nos custos da prestação dos serviços).
Estarão sujeitas ao reajuste as linhas intermunicipais atendidas por 5 empresas de ônibus: Expresso Guanabara, Via Metro, Princesa dos Inhamuns, Fretcar e São Benedito, além de 23 cooperativas de vans: Cootace, Cooptrater, Coopsertão, Cotrece, Coopsolnascente, Coopstar, Cooptranscrat, Coopfornorte, Cootmam, Coopitrace, Cootransvace, Cooprovar, Rota Norte, Cooperita, Cooprecensul, Cootravs, Coopatarc, Crajuá, Cootac, Coopervárzea, Cooperfab, Coopertasc e Cootrape.
O Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros é regulado pela ARCE, e gerido e fiscalizado pelo Departamento de Trânsito do Ceará (DETRAN/CE). Os dois órgãos disponibilizam canais de Ouvidoria para dirimir dúvidas, receber reclamações e prestar informações aos milhares de passageiros que diariamente utilizam esse sistema.

FONTE: informações Diário do Nordeste
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Twitter Ceará em Rede

Destaque

Suspeito de traficar anabolizantes é preso em Vitória

Fonte: G1 Um homem de 39 anos foi preso nesta terça-feira (8), em Vitória, suspeito de traficar anabolizantes e falsificar receitas médi...

Arquivo do blog