Empresário canadense é encontrado morto, amarrado e amordaçado dentro de sítio no Ceará

Fonte: G1/Ce

Um empresário canadense de 85 anos foi encontrado morto, amarrado e amordaçado, na tarde desta quarta-feira (11), dentro do sítio de sua propriedade em Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou, por meio de nota, que a Delegacia Metropolitana de Eusébio investiga o caso. Um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias do crime e identificar o autor

De acordo com o titular da Delegacia Metropolitana de Eusébio, Everardo Lima, o canadense Walter Max Voigtlander foi achado amarrado e amordaçado. “Ele estava amarrado, deitado de forma ventral, as mãos em volta de um pilar, os pés também amarrados, com a boca tapada e com venda nos olhos”, disse.

Segundo o delegado, pelo fato de o corpo já está em decomposição não foi possível detectar se ele foi baleado ou agredido antes de ser morto. “Em razão do prazo da morte, a gente supõe entre quatro, cinco ou seis dias, até a causa da morte ficou inviável naquele momento de detectar. Só a perícia com exames cadavéricos vai determinar”

Latrocínio

A polícia apurou que a vítima morava sozinho no sítio. O canadense falava muito pouco português e possuía um estabelecimento comercial no Centro de Eusébio, além de alguns imóveis na região.

“O que a gente detectou é que ele era um estrangeiro de 85 anos de idade, dupla nacionalidade, no caso, alemã e canadense. Morava só, no distrito de Olho D'água, há cerca de oito anos. Falava pouquíssimo português e comunicava-se com poucas pessoas. Era empresário e tem um empreendimento no Centro do Eusébio e unidade de imóveis”.

Uma das linhas de investigação da polícia é o latrocínio. O delegado acredita, de forma preliminar, que os suspeitos invadiram a propriedade da vítima para roubar.

“Houve a invasão da casa, da propriedade, que era vulnerável e a gente imagina que quem fez isso a invasão entrou ali para roubar. Ele chegou em casa de repente, foi surpreendido pela pessoa ou pelas pessoas e, preliminarmente, a gente vai trabalhar nesta linha primeiro que houve um latrocínio. Mexeram em tudo, tudo revirado e por enquanto percebe-se que levaram um aparelho de televisão”.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o ‪‪(85) (85) 3101-2046, da Delegacia Metropolitana de Eusébio. O sigilo e o anonimato são garantidos.


Fonte: G1/Ce
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

Procurar no Ceará em rede

Destaque

Agente de endemias vítima de assalto faz apelo a assaltante

"Por favor! Devolva o meu cartão de memória, nele contem fotos de meus filhos, pago 200 reais". Falou Carlos no programa Jornal a ...

Arquivo do blog