Header Ads

Image and video hosting by TinyPic
  • Breaking News

    É CAMPEÃ: Portela volta a vencer o Carnaval após 33 anos





    A Portela finalmente voltou ao lugar mais alto do pódio do Carnaval do Rio. Desde a inauguração do Sambódromo, em 1984, a escola não vencia o desfile. E naquele ano a Mangueira ainda chegou a ser declarada a supercampeã. Sozinha, o Grêmio Recreativo de Madureira não levava o título desde 1980. Em seu segundo ano na escola, Paulo Barros conquista seu primeiro título e o quarto da carreira.


    Com o enredo “Foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar”, a escola de Madureira conquistou a avenida do início ao fim, mesmo tendo entrado com a plateia um pouco fria após o grave acidente com o carro da Unidos da Tijuca.
    A Mangueira entrou como favorita. Dominou o público, que cantou seu samba do início ao fim, mas problemas na evolução lhe tiraram alguns pontos importantes.
    A Mocidade Independente de Padre Miguel levou o enredo “As mil e uma noites de uma Mocidade pra lá de Marrakech” para a Sapucaí. Seu ótimo desempenho na avenida garantiu a escola no desfile das campeãs.
    O desfile deste ano foi marcado pelos acidentes. No domingo, logo no primeiro desfile (Paraíso do Tuiuti) um carro da escola se chocou contra a grade de proteção do setor 1 ferindo componentes da escola e jornalistas. Na segunda, um carro da Unidos da Tijuca deixando vários feridos, dois deles em estado grave. A perícia preliminar constatou que havia problema na solda do carro.
    Apesar das especulações sobre qual escola seria rebaixada, a Liesa decidiu pouco antes da apuração das notas que nenhuma escola seria rebaixada para o Grupo de Acesso.





    Fonte:Noticias ao minuto

    Nenhum comentário

    Comente, opine com responsabilidade, violação dos termos não serão aceitos. Leia nossa Política de Privacidade.

    Post Top Ad

    Image and video hosting by TinyPic

    Post Bottom Ad